Hiroshi Bogéa On line

Caixa dos Caixas

O zum zum zum está correndo animado.
Determinado prefeito teria colocado caríssimo advogado em Belém para acompanhar pormenores dos depoimentos dos personagens arrolados no Caso Novelino. Teme que termine sobrando pra ele a história de R$ 4 milhões supostamente passado pelas mãos dele durante a campanha para o governo estadual.

Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    23 de novembro de 2007 - 19:02 - 19:02
    Reply

    Hiroshi,

    Sinceramente, acho!

    Queria muito que não fosse assim.

    Sei que muita coisa mudou, principalmente a atuação da PF, inclusive já ouvi falar à boca pequena que ela anda no encalço de um prefeito de uma rica cidade do sul paraense.
    Mas, sinceramente, acho que não. Te explico.
    A coisa nessa cidade é escancarada, eles não precisariam de tempo superior a 30/60 dias pra derrubar a casa.

    Desde que ouvi esse boato já se passou um tempo razoável. Não deu nada.

    Nessa cidade, tinha um dos empresários agraciados com gordos contratos da prefeitura que andava com a lista de vereadores que ele denominava de agregados, esse empresário comprou uma L-200 e deu pro prefeito, comprou uma Eco-Sport e deu pra mulher do prefeito, tudo escancarado.

    Isso que te falo é muito fácil ser apurado.

    Todos os vereadores recebem uma mesada da prefeitura, eles chamam de sobras, é um esquema que eles fazem com o orçamento, eles devolvem à prefeitura e ficam pendurados nos contratos de alguns empresários como aquele que citei no início.

    Isso não é de hoje. Nem do governo atual, ele simplesmente deu sequência.

  2. Hiroshi Bogéa

    22 de novembro de 2007 - 23:37 - 23:37
    Reply

    Você acha, né?

  3. Anonymous

    22 de novembro de 2007 - 21:51 - 21:51
    Reply

    Hiroshi,

    Esse caso não vai adiante, se for os atuais mandatários do executivo de importantes entes paraenses não sobreviverão.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *