Hiroshi Bogéa On line

Caindo a ficha

Somente por volta de meio-dia de sábado último, a coordenação da campanha de Darci Lermen (PT) deu conta de que não estava pegando bem, até àquele momento, a circulação de dezenas de carros-volantes pedindo votos para o recandidato a prefeito. É que na madrugada daquele dia, havia falecido Milton Alves Martins, Milton ‘da Coca’, ex-vice-prefeito e por duas vezes presidente da Câmara Municipal, vítima de ataque cardíaco.

Enquanto os carros de propaganda da adversária do prefeito, a deputada federal Bel Mesquita (PMDB), amanheceram sábado comunicando a morte do político e convidando a população para o velório na Câmara Municipal, habilmente oficializava, também, a suspensão da agenda, naquele dia, da candidata.

Milton foi vice-prefeito de Bel Mesquita, e, atualmente, seu partido, o PP, integra a coligação que apóia Darci.

As ações distintas repercutiram na cidade.

Post de 

4 Comentários

  1. Anonymous

    29 de agosto de 2008 - 13:00 - 13:00
    Reply

    Não é a primeira vez que O MORTO É O GRANDE CABO ELEITORAL.
    Horácio.

  2. Anonymous

    26 de agosto de 2008 - 11:33 - 11:33
    Reply

    DARCI LERMEN, assim como BEL MESQUITA, também se reelegerá. Nenhum por mérito ou por qualidades dos seus governos, mas simplesmente pelo fator “REELEIÇÃO”. Parauapebas perdeu oito anos com BEL e 4 anos com DARCI. Perderá mais quatro com o petista.

    A reeleição tem que ser revista. O que temos em Parauapebas é um crime. A cidade é governada sem qualquer fiscalização. TCM não cumpre seu papel. Ministério Público e Polícia Civil são vergonhosos. Enquanto isso, só na gestão DARCI LERMEN, passaram pelos cofres municipais mais de 1,2 bilhão de reais. Em quatro anos, DARCI teve o dobro de recursos que a BEL teve em oito anos. Darci mostro sua inaptidão administrativa. No PT, internamente, se tem o consenso que ele é um político que tem presente, será reeleito, mas que não tem futuro. Se ele não modificar sua postura, afastando figuras como HERNANDES MARGALHO, JOÃO FONTANA e mais nocivo de todos o “Tio” EDUARDO, tão logo encerre as eleições municipais ele será encurralado pelo PT local.

  3. Anonymous

    26 de agosto de 2008 - 01:52 - 1:52
    Reply

    este pessoal não tem senso nenhum não,só pensam neles,e olhe lá, são um monte sem alma não respeitão nada………

  4. Popó

    25 de agosto de 2008 - 15:26 - 15:26
    Reply

    Por volta das oito horas da manhã o Verador Wanterlor ligou para a Coordenação da campanha pedindo que suspendesse os carros de som das ruas.
    E se não me engano, foi o unico politico do PT que esteve no local do velório.
    Vandeison Popó

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *