Cada um por si

Publicado em 7 de dezembro de 2009

Deputada Bernadete ten Caten (PT) tem se especializado no estilo faz-de-conta-que-sou-eu.
O que consiste esse “estilo”?

Usar informações privilegiadas de governo – principalmente na Setran, onde ela manda e desmanda -, para chegar junto às comunidades antecipando obras como se tivessem sido viabilizadas por pressão dela junto a governadora do Estado.

Isso tem sido praxe em seu mandato de deputada estadual.

A última da parlamentar ocorreu em São João do Araguaia, e não foi trazida ao blogger por alguma fonte política, não!

De corpo presente, o poster ouviu depoimento dos próprios moradores de São João do Araguaia, no último final de semana, relatando o comportamento de Bernadete durante audiência pública do PTP –Planejamento Territorial Participativo – na qual a deputada garantia para poucos dias o inicio das obras da pavimentação da rodovia de 13 quilômetros que liga a Transamazônica à sede do município.

Diante de uma plateia ansiosa pela viabilidade da obra – esperada há mais de 40 anos – , e com tudo engatilhado na Setran para a construtora iniciar os serviços, nossa querida parlamentar não se fez de rogada:

– Essa obra (asfaltamento da rodovia) estava engavetada. Mas eu consegui, através de muita pressão, desengavetá-la. E a gora vai sair, podem ter certeza.

Trinta dias depois, os trabalhos iniciaram.

Do jeito malicioso com que a deputada se expressou, ficou na cabeça dos moradores de São João que o “engavetamento” da obra era por conta e graça de Ana Júlia.

E isso por que Bernadete é do Partido dos Trabalhadores – curriligionária da governadora.