Cabo de vassoura

Publicado em 2 de maio de 2007

Ao assumir a Corregedoria da PM criada em Marabá pelo Comando Geral da Polícia Militar, major Emílio concedeu ampla entrevista ao Correio do Tocantins tratando de sua função. Lá pelas tantas, o oficial tratou genericamente das denúncias do Ministério Público de improbidade administrativa formuladas contra os coronéis Odenir Margalho e Henrique Coelho de Souza Araújo. “Todas as denúncias serão apuradas. Umas até já dispõem de alguma constatação e outras ainda estão na fase inicial”, disse.
Traduzindo: “alguma constatação” e “fase inicial” tem o mesmo significado de varrendo para debaixo do tapete.