CA da Vale aprova venda do ouro do Salobo

Publicado em 1 de março de 2013

 

 

A Vale informa que após a aprovação do Conselho de Administração, concluímos os contratos definitivos com a Silver Wheaton Corp. (SLW), empresa canadense com ações negociadas na Toronto Stock Exchange e New York Stock Exchange, para vender 25% dos fluxos de ouro pagável produzido como subproduto da mina de cobre do Salobo durante a vida da mina e 70% dos fluxos de ouro pagável produzido como subproduto de certas minas de níquel de Sudbury por 20 anos.

O pagamento inicial de US$ 1,9 bilhão será recebido dentro dos próximos 10 dias úteis. Além do pagamento inicial em dinheiro, a Vale receberá 10 milhões de warrants da SLW com preço de exercício de US$ 65 e prazo de 10 anos. Adicionalmente, a Vale receberá pagamentos em dinheiro no futuro por cada onça (oz) de ouro entregue a SLW conforme o acordo, ao menor valor entre US$ 400 por onça (mais um ajuste anual para a inflação de 1% a partir de 2016 no caso do Salobo) e o preço de mercado.

Conforme explicado anteriormente, a transação libera considerável valor contido em nossos ativos de metais básicos de classe mundial, na medida em que atribui ao ouro pagável produzido como subproduto do Salobo o valor de US$ 5,32 bilhões, além dos pagamentos de US$ 400 por onça de ouro entregue, dado que não haverá custos adicionais para a extração do ouro contido no concentrado de cobre produzido pelo Salobo. A execução do nosso plano estratégico reforça nossa confiança no elevado potencial de nossos ativos de metais básicos de classe mundial criar valor significativo ao acionista através dos ciclos.