Buraco fundo

Publicado em 9 de fevereiro de 2011

Quem conta são pessoas do estreito círculo de amizade do deputado estadual Sebastião Miranda (PTB).

O ex-prefeito de Marabá, em verdade, desistiu da secretaria de Obras do Estado em decorrência não apenas da raquítica estrutura financeira do órgão.

Nos poucos dias em que permaneceu secretário oficioso da Sevop, enquanto aguardava tomar posse na AL para, em seguida, se licenciar do mandato, e assumir, de fato, o cargo executivo de governo, Tião tomou conhecimento de como estava a pasta.

Espantou-se com diversas  broncas identificadas, supostamente geradas durante a gestão do então secretário Francisco Melo (Chicão), agora na Setran, conforme ele mesmo revelou a amigos.

O diagnóstico de Miranda foi o pior possivel.

Como macaco velho não pisa em galho podre, o deputado preferiu ficar quieto na AL.