Brucutus

Publicado em 24 de fevereiro de 2007

No Diário do Pará deste sábado (24), o secretário de Saúde de Tucuruí diz que a malária está sob controle. Controle de quem, bacurau? Exclusivamente dos números frios dos postos de saúde da cidade quase sempre nunca alcançados pelos moradores das ilhas que se multiplicam no lago. Essa é a verdade.
Com toda certeza, o secretário Luís Nelson Fontenelles pouco conhece do dia a dia dos abandonados moradores das ilhas, caso contrário evitaria declaração de tamanha irresponsabilidade.
Os casos de malária crescem sim, atingindo moradores ribeirinhos de Tucuruí e dos outros seis municípios espraiados no imenso conservatório de água formado a partir do fechamento da barragem. O poster vem alertando para essa questão em sua coluna no Diário, avalizado pelos fatos e pela ausência do poder público na cobertura da imensa área desassistida.