Brasil mais justo

Publicado em 7 de julho de 2011

Com problemas no joelho, a moradora do Morro do Adeus, Ruth Alves, 48 anos, tinha dificuldades para descer e subir o morro, diariamente, para ir ao trabalho.

Agora, ela não terá mais esse entrave, ganhando qualidade de vida, ao usar a gôndola do teleférico.

Distâncias que duravam hora e meia estão reduzidas a máximo 16 minutos.

Esses alguns dos benefícios que o primeiro sistema de transporte de massa por cabo do Brasil, inaugurado hoje por Dilma Roussef, levados às comunidades do complexo de Favelas do Alemão.

Obra  patrocinada pela dupla Lula-Dilma.