Privatizada, BR-163 é arrematada pelo Consórcio Via Brasil

Publicado em 8 de julho de 2021

O sistema rodoviário BR-163/230/MT/PA foi arrematado em leilão, na tarde desta quinta-feira (8), pelo Consórcio Via Brasil.

O trecho de 1.009,52 km liga o município de Sinop, em Mato Grosso, e o distrito de Miritituba, em Itaituba, constituindo eixo fundamental para escoamento da produção da parte paraense da Região Norte e norte da Região Centro-Oeste, além da ligação a terminais portuários do Arco Norte (Rio Tapajós).

O critério para definir o vencedor seria o de menor tarifa de pedágio, no entanto só houve uma proposta.

O prazo da concessão será de 10 anos, prorrogáveis por mais dois anos.

As principais obrigações da futura concessionária serão: 42 km de faixas adicionais, 30 km de vias marginais, construção de acessos aos terminais portuários de Miritituba (PA), Santarenzinho (PA) e Itapacurá (PA), 7 passarelas de pedestres e implantação de 340 km de acostamentos.

A expectativa de custos operacionais é de R$ 1,2 bilhão.