Bovinamente vereadores

Publicado em 26 de setembro de 2011

 

 

Usando a esfarrapada desculpa de que o aumento de 13 para 21 o número de vereadores da Câmara Municipal de Marabá não irá alterar o valor do duodécimo (repasse mensal da Prefeitura para a Câmara custear despesas), os legisladores atuais aprovaram, em primeira fase,   projeto de lei do  evangélico Leodato Marques (PP), propondo a aberrante chupada aos cofres públicos.

Se já é dificil aturar  o espetáculo boviniano proporcionado pelos atuais 13 vereadores, imagine o cenário futuro composto por 21 sem-afazeres!