Bordel institucionalizado

Publicado em 11 de fevereiro de 2010

Poster conversava ontem à tarde com um deputado federal paraense, buscando informações sobre as negociações de bastidores entre os partidos para a formação de futuras coligações e alianças.

Como não poderia deixar de ser, o papo descambou pro lado da corrupção praticada pelo  Zé Arruda (DEM), no governo do Distrito Federal. Textualmente, o interlocutor admitiu ser impossível governar o Brasil sem um grande exército de intermediários.

    – Lobistas é a profissão mais festejada em Brasília, transitando entre os partidos – disse.

Usando outras palavras, em Brasília não há inocentes. Todos são cúmplices.