“Bomba” atrás da outra. para explodir no colo do futuro prefeito

Publicado em 27 de novembro de 2012

 

 

Quando assumir a prefeitura municipal, em janeiro de 2013, João Salame terá que desarmar dezenas de “bombas”, prestes a explodir em seu colo. Cada uma com inesgotável capacidade de dificultar  as metas e objetivos da futura gestão pública.

A cada dia, equipe que trabalha a transição de governo descobre “minas”  soltas em diversas áreas da administração municipal.

A luta, no momento, é para retirar  do Cauc, o CNPJ do município.

São quatro restrições, uma delas no Cadim.

Restrições referentes a dívidas junto ao INSS e receita federal, entre outros órgãos federais.

Com o CNPJ incluído no cadastro de inadimplentes, Marabá fica impossibilitado de viabilizar recursos para enfrentar os problemas que afligem a população, dificultando, claro, o  cumprimento dos compromissos assumidos por João Salame, junto ao eleitorado.