Bola furada

Publicado em 14 de janeiro de 2010

O Ministério Público nem deixou ganhar corpo a repercussão da cerimônia de lançamento do Parazão 2010, realizada, ontem, em Belém. De pronto, pediu a interdição de todos os estádios  apontados como palco das partidas pelo Campeonato Paraense, tanto na capital como no interior, alegando falta de segurança e  não cumprimento  do Estatuto do Torcedor.

Dirigentes de clubes e a FPF tentam convencer o MP a não radicalizar.

Dessa forma, o Parazão pode ter seu início adiado.