Boiando de novo

Publicado em 3 de julho de 2008

Quatro anos atrás, Wagner Fontes (PTB) foi cantado em prosa e verso politicamente morto em Redenção. A chegada ao poder de JPC (João Paulo) com seu megalomaníaco estilo de ditador de fundo de quintal reforçava as previsões sombrias da vida pública do ex-prefeito, bancário que tentava sobreviver em seu cargo no Banco do Brasil, sofrendo seguidas transferências de domicílio supostamente a pedido político.

Apoiado por onze partidos, Wagner Fontes retorna à cena eleitoral com fortes possibilidades de ganhar, outra vez, a prefeitura.