Boi avoa?

Publicado em 29 de janeiro de 2014

 

BoiPapo que circula nos meios políticos de Belém: Paulo Rocha (PT) poderia disputar uma vaga a vice-governador, na chapa do PSD, abandonando projeto inicial de compor a majoritária de Helder Barbalho (PMDB).

O interessante nessa composição, corre de boca em boca, é que o Partido dos Trabalhadores ocuparia a chapa de vice do atual vice-governador Helenilsom Pontes (PSD), enquanto Simão Jatene (PSDB) procuraria votos para ir morar em Brasília, trabalhando no Senado.

Esses boatos ganharam as redes sociais, principalmente repercutidos pela militância do PT, que caiu de pau nas supostas articulações, sempre voltadas a oferecer palanque para a candidatura à reeleição de Dilma Roussef.

Pisando no plano do chão duro, o poster  não compreende bem a realidade da suposta chapa, envolvendo Helenilson, Paulo Rocha e Jatene, líder do PSDB, no Pará.

Nessa condição, quem ofereceria palanque para a candidatura de Aécio Neves?

Boi pode até avoar, em política, mas às vezes não decola – diante de hipotéticas situações como descrita acima.