Hiroshi Bogéa On line

Boçalidade fora de campo

Quem ouviu o presidente do Paissandu, em entrevista à Rádio Clube, troçar do São Raimundo com soberba, o imagina um dirigente de clube de várzea.

Respeito é bom, e o time de Santarém merece ser tratado com fidalguia. Nas duas partidas em que enfrentou o alvi-azul, jogou melhor e chegou a colocar o time na roda.

Parece que o Paissandu faz escola de dirigentes mal educados e boçais.

Quando o Águia destroçou o mesmo Paissandu, na Série C, um diretor de marketing do clube andou falando baboseiras.

Recebeu o que merecia como resposta.

Post de 

2 Comentários

  1. Anonymous

    4 de março de 2009 - 17:20 - 17:20
    Reply

    Prá quem ia levar bolo feito pela mamãe, na Curuzú,no dia do aniversário do Walter Rubilota, e dizia que amava o masmo, qndo estraçalhava nos “RE X PA” vestindo azul e branco, vc mudou muito.Mas não chega a ser uma novidade.

  2. Anonymous

    4 de março de 2009 - 14:48 - 14:48
    Reply

    Ministério Público no Águia. O paciente Beto, que fazia às vezes de gerente de futebol do time foi demitido. O dedicado dr. Jorge também se afastou. Ninguém suporta mais o mando do Galvão no time diante de um ferreirinha sem liderança. A familia do galvao tá toda empregada com altos salários no time. O Beto foi reclamar disso e o ferreiriinha demitiu ele. Dr. Jorge ficava fora dos vôos na terceirona e a familia do galvao viajava. O Craque Soares se recusou a continuar no Águia por causa do Galvão. De tanto recuar anote o que vai acontecer: se apesar disso tudo o time der certo Galvão acaba passando a perna no ferreira e sainbdo candidato a deputado.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *