Blog Hiroshi Bogéa perto de superar 16 milhões de acessos em 15 anos

Publicado em 27 de junho de 2021

Próximo a completar 15 anos, em outubro  próximo, com a marca de um dos mais acessados do Pará, este blog bateu uma grande marca em 2020: seus acessos únicos cresceram 21% em relação a 2019, saindo de 12.234 milhões para 14.777 milhões, segundo levantamento do  World Analytics , medidor de tráfego de nosso site.

O pico de visibilidade se deu em novembro, mês das eleições municipais, quando atingiu 181 mil acessos em apenas 30 dias.

Um dado que chama a atenção no crescimento total é que 32,13% se deram pelo celular, o maior instrumento que o cidadão tem disponível hoje para se informar em tempo real de tudo que acontece na política, na economia e nas demais áreas de interesse comum da sociedade.

O Google continua sendo a maior ferramenta de acesso dos leitores do blog: dos 8,5 milhões que acessaram o blog por mecanismos das mais variadas buscas, 95% se deram através do Google.

Neste universo, 65.45% foram leitores do sexo masculino e 34.55% do sexo feminino.

Durante o mês de maio último, o blog   registrou o acesso de 140.806 visitantes.

Continuamos mantendo a média de visitação de mais de 4 mil pessoas por dia.

E isto porque passamos alguns meses sem atualizar o blog como deveria ocorrer.

Certamente, até 31 de outubro,  estaremos acima dos 16 milhões de acessos nesses  quase 15 anos de existência.

É a marca Hiroshi Bogéa que se consolidou ao longo de nossa atuação na imprensa.

Atualmente, o blog está tendo, durante o dia,  atualizações seguidas,  preparando-se para ampliar sua faixa de atuação em outros municípios.

O Blog Hiroshi Bogéa é referência de informação no Estado do Pará.

Os números do blog são fantásticos, especialmente em se tratando de um canal que não está vinculado ou atrelado a nenhum grande portal, jornal, TV ou outro veículo de tradição da mídia.

Para comemorar os 15 anos de sucesso, meu desejo é fazer  algum evento que marque a data, 29 de outubro –  isso se a pandemia do coronavírus permitir, tendo até lá já ocorrido a vacinação em massa das pessoas, no Pará.

Abaixo, print da audiência do mês de maio/21. (Hiroshi Bogéa)