Hiroshi Bogéa On line

Blog constrói patrimônio de valor incalculável

 

 

Adevaldo Souza Araujo, marabaense residente em São Paulo, e que sempre aparece na caixa de comentários usando o pseudônimo  “Apinajé”,  registra sua leitura crítica do blog, através de emeio enviado no final de semana.

 

 

 

 

Hiroshi,a mais ou menos um mês tomei conhecimento do seu blog, uma tia(Santina)Marabaense da santa rosa,filha do chico barbosa,hoje morando em Goiânia,me apresentou essa Maravilha hb.daí pra cá tornou-se um vício,todo dia dou uma “espiada”e sempre que o assunto me  interessa dou uns “pitacos”com o codinome apinajé.pra quem é daí e ha muito tempo como eu mora fora seu blog é um canal de ligação que nos transporta instantaneamente de volta a terra mãe…por isso queria te agradecer por me propiciar essa viagem diária.Ha 37 anos moro em São Paulo mas nunca esqueci meu torrão natal,até porque sempre que posso vou aí recarregar as baterias.e se me permitir na proxima vez que eu por aí estiver,vou fazer-lhe uma visita e dar-te um abraço como agradecimento.

obrigado e senta a pua.

—————-

Nota do blog:  esse é o maior dividendo que o blog constrói: a credibilidade e o extraordinário universo de leitores que acessam diariamente o sítio.

Decididamente, o site não me pertence mais. Ele é patrimônio de um universo maravilhoso de pessoas maravilhosas, ávidas da informação segura e em cima do fato.

Post de 

1 Comentário

  1. apinajé

    27 de maio de 2013 - 20:35 - 20:35
    Reply

    Olá Hiroshi.
    Aqui estou tomando minha dose diária bh, começando minha viagem mental às minhas origens.Foi uma baita surpresa (das boas)ver o agradecimento que te fiz no “nosso blog”, você disse que o bh não é mais só seu…rs rs.
    Um dia como hoje,só aumenta a saudade da terrinha,aqui faz frio,parece que voltamos no tempo,a garôa caiu quase o dia todo,o céu ainda mais cinzento,a noite começou gelada,sinal que a madrugada promete!!
    Em um dia como hoje,Navegar no bh é uma espécie de fuga em busca de calor, dos trópicos e também o humano.
    Fico feliz quando vejo comentários aqui no blog de outros Marabaenses que partiram mas não esqueceram suas raízes…Hiroshi,acredite, mais que informar,você excede,vai além,você aproxima as pessoas.
    É por essas e por outras,que sou “obrigado”a concordar com você.
    “O patrimônio do blog realmente tem valor incalculável”
    É isso Hiroshi,um grande abraço a você e a todos que como eu “bebam nessa fonte”
    Adevaldo s. araújo

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *