Hiroshi Bogéa On line

Bida, o “herói”.

A sociedade paraense, representada no corpo de jurados que absolveu o fazendeiro Vitalmiro Bastos de Moura por cinco votos a dois, carregará para sempre essa marca nefasta. O júri não teve sensibilidade para fazer a leitura do episódio.

Isso dói, porque a impunidade continuará alimentando a violência e o cenário de pistolagem a contaminar historicamente o Estado.

Post de 

12 Comentários

  1. Anonymous

    8 de maio de 2008 - 11:27 - 11:27
    Reply

    Hiroshi, realmente nossa Marabá está à mercê dos bandidos, SOCORRO!

  2. Anonymous

    8 de maio de 2008 - 10:50 - 10:50
    Reply

    Bogéa, concordo com o autor do comentário das 10:13, nossa cidade está totalmente desprotegida, aqui no complexo cidade nova ocorrem váris assaltos por dia. Chorar pra quem?

  3. Anonymous

    8 de maio de 2008 - 01:30 - 1:30
    Reply

    Hiroshi, concordo plenamente com o anônimo das 10:13, acho que a policia está perdendo a guerra para os bandidos, pelo menos aqui em Marabá.

  4. Anonymous

    8 de maio de 2008 - 00:29 - 0:29
    Reply

    quem é essa santa que o anonimo das 8:05 invocou?

  5. Anonymous

    7 de maio de 2008 - 23:05 - 23:05
    Reply

    SAnta Barbaridade….
    isso não pode ser concebido…
    meus Deus… quanto impunidade…quanto descaso…quanto…farçantes…todos…desde o primeiro momento que fizeram a primeira palestra para matar a freira, até essa para absolver esse assasino… todos tem a mãos manchadas de sangue…e culpa de que o nosso povo, esta cada vez mais a merce… desses barbaros, que tem sede…e ambição …capitalismo…com pacto com o demonio… isso sim que todos eles tem…vendem a alma…Deus tem misericordia…tem que voltar para cadeia… chega deimpunidade….

  6. Anonymous

    7 de maio de 2008 - 18:15 - 18:15
    Reply

    Tenha a santa paciência.

    Direito a propriedade? De quem? Quem é “dono” daquelas terras?

    Ora….

  7. Anonymous

    7 de maio de 2008 - 18:03 - 18:03
    Reply

    O corpo de jurados foi manipulado por pecas apresentadadas de ultima hora com consentimento da justica.
    O que envergonha neste Para é a justica de uma forma geral que pode ser comprada a qualquer momento tanto os juizes bem como desembargadores.
    O Brasil nao merece isto e nem de gente que pensa como o anonimo de 9:40 Hs.

  8. Anonymous

    7 de maio de 2008 - 17:52 - 17:52
    Reply

    Concordo com o anônimo das 9:40, o direito da propriedade tem que ser respeitado nem que seja na marra.

  9. Janjão

    7 de maio de 2008 - 16:56 - 16:56
    Reply

    Bogéa, acho melhor ficarmos de olho nestes jurados, não estou exagerando mesmo.
    Anônimo das 9:40, a melhor coisa que fazes e ficar no anonimato mesmo, por falar tanta m…. e também tu podes fazer parte deste bando de assassinos, progresso e trabalho nunca foi sinônimo de banditismo.

    Bogéa, desculpe o desabafo
    Abs

  10. Anonymous

    7 de maio de 2008 - 13:13 - 13:13
    Reply

    Hiroshi, sou seu amigo, gosto muito do seu blog, mas está faltando algo. Nossa cidade está muito violenta, assaltos á mão armada ocorrem diariamente até à luz do dia, como no caso do restaurante quero mais (muito frequentado na velha Marabá), antes de ontem, no colégio Monte Castelo (no Novo Horizonte), na última sexta feira, na farmácia na Nova Marabá no último domingo, enfim é um sem número de reclamações, muitas vezes sem registro policial por descrença na atuação da policia, em quem deveríamos confiar….
    Acho que com esse instrumento na mão poderias conversar com a superintendente de policia, promotores e juíz criminal para que sejam mais incisivos e tenham uma postura mais atuante….
    Veja bem, são frequentes as fugas na penitenciaria e no ciam, e acabam ficando por isso mesmo. Urge que se tome atitudes concretas no combate aos crimes ou a população começará a fazer justiça com as própias mãos. Desarmaram os cidadãos mas não lhes dão segurança, não se tem retorno do que se paga de impostos, é preciso levantar a voz!
    È inconcebivel essa situação, estão fazendo muito pouco pelo combate à bandidagem.

  11. Anonymous

    7 de maio de 2008 - 12:55 - 12:55
    Reply

    Hiroshi, imagine como fica a situação dos bispos ameaçados diante desse perdão que o júri concedeu ao fazendeiro. A que ponto chegou o nível de consciencia de nosso povo. Isso sugere um amplo debate. Será que a violência afetou a forma como vemos o mundo? será que a soceidade clama pela lei tribal do “olho por olho, dente por dente”? É muita decepção!!!!!!!!

  12. Anonymous

    7 de maio de 2008 - 12:40 - 12:40
    Reply

    Viva Vitalmiro, viva o capitalismo, viva quem trabalha e produz!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *