Biblioteca Orlando Lobo terá conceito ampliado e ganhará maior dimensão

Publicado em 8 de janeiro de 2013

 

 

Gelson Pinheiro, no mural de seu Facebook, publicou agora há pouco o seguinte desabafo:

 

 

 

Biblioteca Orlando Lima Lobo abandonada ?! Não tem nada abandonado aqui…A Biblioteca Orlando Lima Lobo localizada na Marabá Pioneira, será administrada pela Secretaria Municipal da Cultura (Secult).
Segundo o réporter Ederson Oliveira a biblioteca encontra-se “ABANDONADA”. Querem transforma-la em um grande espaço cultural, assim a nossa única Biblioteca Municipal será transformado em um local de manifestações artísticas, assim irão nos privar do nosso local de estudo público e pesquisas.
Um espaço de manifestações artística é importante. Mas desmanchar o nosso único patrimônio de estudo que é simbolo da cidade, que nós estudantes nessecitamos não é nem um pouco agradável. Existem outros lugares que podem ser transformados em espaços culturais. Mas e a Educação onde fica ?! A biblioteca do SESI no Novo Horizonte nunca funcionou, e a Biblioteca do Professor, porque tá parada ?! Parecem que querem mesmo acabar com a educação em Marabá. E quem não tem espaço de estudo ?! Eu mesmo Gelson Pinheiro passei o ano de 2012 todo estudando nessa biblioteca e sou prova que ela é cheia o tempo todo. Mas dizer que estão inquietos com o DESCASO e o ABANDONO é “SACANAGEM”. Quem tá inquieto agora sou eu Estudante… A Biblioteca Municipal de Marabá encontra-se em perfeito estado, climatizada, limpa, os livros limpos em bons estados para estudar, além disso aqui está cheio de funcionários trabalhando. O único ABANDONO que existe aqui é em relação aos funcionários que estão trabalhando sem receber, e mesmo assim estão se sacrificando pela a Educação. 
Nós estudantes não podemos deixar isso acontecer, e você estudante que tem a plena consciência da importancia da Biblioteca COMPARTILHE e não deixe que isso vire um verdadeiro descaso. Até quando Marabá ? Até quando ?

————

 

Nota do blog: 

O poster pode garantir ao  Gelson Pinheiro  – e demais pessoas preocupadas com a suposta desativação da biblioteca Orlando Lobo – , que nada do que está descrito na nota acima é verdadeiro.

O Cláudio Feitosa, secretário de Cultura, ao contrário, pretende é ampliar o conceito de biblioteca no prédio onde funcionava o mercado municipal.

“Não  haverá  nenhuma descontinuidade de tudo o que vem sendo feito  na biblioteca, muito menos no Cine Marrocos, que também passará para a administração da Secretaria de Cultura. A biblioteca Orlando Lobo atua muito em função de pesquisas escolares e ela precisa ser ampliada em seu conceito. Precisamos adotar  política pró-livro, para  incentivo a leitura e formação de mão de obra técnica no setor, além de articular outras tantas iniciativas na área já existentes no município”.