Hiroshi Bogéa On line

Biblioteca OL dissemina cultura na cidade

 

 

 

A Biblioteca Municipal Orlando Lima Lobo, apresenta, hoje,  “Contação de História, Roda de Leitura, Papo literário, Sarau” debaixo de uma árvore, na praça, nas Escolas, nas salas de leitura, bibliotecas.

É a leitura em todos os cantos e recantos de Marabá Centenária.

“Contadores de Histórias”, apresentam a arte de contar histórias como uma atividade que abre espaço para a alegria e o prazer de ler, além de desenvolver a escrita e o despertar da criatividade.

O projeto Caminhos da Leitura tem como objetivo conduzir a biblioteca para vários pontos da cidade, e assim, proporcionar o contato com os livros que saltam da estante para as mãos de diversos leitores em potencial, amantes da literatura estimulando a imaginação dos cidadãos para o mundo fantástico da LEITURA.

Por meio de agendamento, a Escola interessada procura a Biblioteca e solicita uma atividade lúdica de leitura, informando o horário, a turma e a faixa etária. Em contrapartida a equipe da biblioteca organiza a programação, os convidados que participarão da atividade escolhida, as histórias que serão contadas, os livros que serão explorados, as cantigas infantis, o transporte e a realização daquele momento lúdico. Tudo é realizado com intenção de atiçar a curiosidade e o prazer da leitura entre os pequeninos, adolescentes e jovens.

Esse projeto promovido pela Biblioteca Municipal Orlando Lima Lobo é idealizado e organizado pelas professoras Cláudia Borges e Marluce Caetano que articulam e divulgam toda magia do LER.

O “Caminhos da Leitura” vai ao encontro do projeto “Biblioteca Viva”, que desde 2008 vem sendo desenvolvido pelo Ministério da Cultura e cujo principal objetivo é  o desenvolvimento de atividades artísticas e culturais pelas bibliotecas do País como forma de atrair novos leitores.

Essas atividades pedagógicas são realizadas através da Prefeitura de Marabá, com apoio da Secretaria de Educação-SEMED e Secretaria de Cultura- SECULT, para as escolas municipais e toda comunidade, por meio, de Parcerias firmadas entre Academia do Sul e Sudeste Paraense de Letras, Associação dos Artistas Visuais do Sul e Sudeste do Pará (ARMA), Fundação Casa de Cultura, PROLER, com a finalidade de incentivar a leitura.

Dentro da programação de levar cultura e arte a todos os cantos do município, hoje à tarde, a partir das 16 horas, tem  papo literário no salão principal da Biblioteca.

Atração desta tarde, o multifacetado Abílio Pacheco, que será mediado pelo professor e escritor  Airton Souza. Participação ainda de Gilson Penalva e  Eliane Soares, que discutirão  facetas da literatura e o fazer literário do escritor convidado.

Biblioteca

Post de 

1 Comentário

  1. VOUPROLIXO

    11 de novembro de 2013 - 17:28 - 17:28
    Reply

    È sempre bom lembrar (p/os mais novos),quem foi Orlando Lôbo, o “mestre Orlando”,pioneiro marabaense,empresário do ramo deBar e Sorveteria, fazia o melhor sorvete de cupuaçú que já tomei e uma inesquecível,inigualável, “batida de limão”. Homem de hábitos simples,honrado,criou os filhos com dignidade. Um grande marabaense.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *