Hiroshi Bogéa On line

Bernadete fora

Pelo menos até o TSE não se pronunciar, a deputada estadual reeleira Bernadete ten Caten (PT) não será diplomada pelo TRE.

O registro da candidatura dela foi cassado.

——————–

atualização às 21:51

Deputado Bernadete ten Caten comunica, em nota distribuída à imprensa, que recorrerá da decisão do TRE.

Na íntegra, a NE da parlamentar marabaense:

Convicta do equívoco na decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que nos termos da ação de investigação judicial eleitoral decidiu condenar-me a três anos de inelegibilidade é que venho a público prestar alguns esclarecimentos:

1) Em primeiro lugar, cabe ressaltar que em toda minha vida política dediquei-me fielmente a defesa das mudanças sociais e da melhoria da qualidade de vida da população deste Estado sempre balizada por princípios éticos e de justiça.

2) O objeto desta ação é tão somente a comemoração de um aniversário que para aqueles que não conhecem a verdade dos fatos e mais do que isso a minha militância e minha vida pública denotou abuso de poder econômico.

3) Tal evento foi realizado em fevereiro de 2008 muito antes prazo devido para anúncio dos candidatos ao pleito municipal de Marabá (junho de 2008, conforme Resolução 22.579/TSE) e serviu para comemorar aniversário de 28 anos de fundação do Partido dos Trabalhadores com a posse de seus dirigentes locais num espaço que foi alugado sendo a consumação de bebida e de comida paga pelos participantes.

4) O que pode-se perceber nesta decisão e na divulgação feita da mesma em diversos blogs no dia de hoje é uma verdadeira perseguição política levada a cabo contra mim, cidadã que representa uma região historicamente sofrida e que dedicou anos de sua vida a defesa intransigente dos menos favorecidos.

5) Tal condenação não relaciona-se em nada com a Lei da Ficha Limpa nem significou a cassação de meu mandato. Também está longe de representar uma decisão definitiva pois recorremos desta com a certeza de que os mais de 33 mil votos recebidos por mim serão respeitados e honrados em mais um mandato de luta com o povo.
Post de 

7 Comentários

  1. Anonymous

    12 de novembro de 2010 - 02:18 - 2:18
    Reply

    Bom, gosto cada um tem o seu. Mas, quando se assume um determinado espaço de poder, não se pode sentir-se dono dele, e muito menos, desprezar e perseguir companheiros, autoridades constituídas pelo povo, o resultado só poderia ser isso mesmo. Não posso ser responsável se, sequer fui convidado a ocupar certo espaço, não estou referindo a minha pessoa, mas setor, tendência e até mesmo o partido. Realmente foi um governo desastroso, onde vários meninos sem liderança e autoridfade alguma tentaram tomar o estado de assalto para uma certa tendência.
    Mas continuamos vivos, Bernadete deputada, 33 mil votos não são 19 mil.
    Abcs.

  2. Anonymous

    11 de novembro de 2010 - 13:59 - 13:59
    Reply

    PARA REFLETIR O HOJE DE OLHO NO AMANHÂ.
    Parabéns a Suely, pois se trata de um quadro politico que irá qualificar o congresso estadual do Pará. Quantos aos demais comentários dos anônimos e cia, quero dizer que todos os componentes do PT do Pará tiveram sua parcela de responsabilidade na perda do comando do Estado. E digo mais, de forma imparcial, avalio que a Governadora foi no mínimo mal assessorada por todos e acompanhada de uma certa dose de ingenuidade a nível de confundir amizade com posturas politicas. Recomendo a minha governadora que releia o Principe e o Arte da Guerra para que ela não seja mais pega desprevenida. Quanto ao resto cabe-nos a refletir o nosso papel militante do PT no Pará de forma ammpla e irrestrita para que possamos reaprender que quem manda no governo é o Sociedade Civil (povo) e com ela devemos nos revitalizar para buscar agendas minimas de ações voltada para um verdadeira qualidade de vida biopsicosocial e econômica.

    A luta continua 13 neles.

  3. Anonymous

    11 de novembro de 2010 - 00:40 - 0:40
    Reply

    Hiroshi.
    Acho uma tremenda babaquiçe do anônimo que vangloria a troca do executivo estadual por um mandatinho de deputado estadual e um federal, opção vedada pela DS desde o primeiro dia de governo. Em nome disso, humilhou muitos militantes que agora cruzaram os braços dando o troco, mesmo que isso custe caro ao PT, e aliados que acabaram aderindo ao opositor eleito.
    Fico realmente triste com esse tipo de postura da DS, que fez um governo desastroso, tudo parecia muito romântico. Achavam que ia acontecer o que? Precisam fazer autocrítica.
    Vamos fazer esse debate de maneira democrática, dura, mas acima de tudo fraterna, internamente no partido.
    Até lá . . . . . . .

  4. Anonymous

    10 de novembro de 2010 - 10:29 - 10:29
    Reply

    A DS consegue colocar dois deputados estaduais e um federal. menos mal para a derrota eleitoral da Ana.

  5. Anonymous

    10 de novembro de 2010 - 00:28 - 0:28
    Reply

    Bem feito. Esta Deputada deve ficar afastada para sempre do parlamento. Quem trabalha para retalhar nosso Estado, não deve ter vóz para proclamar suas idéias que vão de encontro à vontade do verdadeiro paraense da gema. fora bernadete, vai procurar tua turma

  6. Anonymous

    9 de novembro de 2010 - 22:15 - 22:15
    Reply

    Concordo com o anonimo, vamos voltar a força socialista.

  7. Anonymous

    9 de novembro de 2010 - 19:57 - 19:57
    Reply

    Suely deputada estadual, te segura jatene!!
    Parece que a antiga força socialista voltou!! Edmilson e Suely no parlamento estadual, Marinor no senado…
    Porrada no preguiçoso!!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *