Hiroshi Bogéa On line

Bernadete derrotada

Durante anos, a coordenação da subsede Marabá do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará esteve sob controle do “PT Pra Valer”. Derrotada por uma diferença de 21 votos, a ex-coordenadora Antonia Carvalho não apenas entregou o cargo ao candidato da oposição, professor Dionísio Gonçalves de Oliveira. Transfere também a influente estrutura sindical para a DS.
Os maiores derrotados no processo de escolha da nova diretoria do Sintepp foram a deputada Bernadete ten Caten (PT) e seu marido, Luiz Carlos Pies, secretário Adjunto da Sepof, avalistas de Antonia Carvalho.

Post de 

5 Comentários

  1. Anonymous

    2 de julho de 2007 - 16:38 - 16:38
    Reply

    O Ademir Braz foi coordenador da campanha da Elza Miranda pra prefeita. Ainda bem que ela não ganhou, pois ia ser um desastre. Era o Ademir quem mentia pro povo falando de qualidades dessa deputada-enganadora. Que moral tú tem, caboco, pra cobrar seriedade dos outros!

  2. Anonymous

    2 de julho de 2007 - 11:59 - 11:59
    Reply

    Berna e Luiz se tinham por dono do SINTEPP, olha o resultado !!!

    Agora, me assusta é esta disputa entre Berna e Luiz x Ademir pela prefeitura de Marabá.

    Qualquer um dos 3 ai vai ser um desastre para história desta cidade.

  3. Anonymous

    1 de julho de 2007 - 20:45 - 20:45
    Reply

    A deputada Bernadete e o PT pra valer estão sendo atropelados pela DS em nossa região.

    Contra força não a resistência.

  4. Anonymous

    30 de junho de 2007 - 14:04 - 14:04
    Reply

    O Ademir Braz é um jornalista que nunca cresceu na vida por causa dessa visão estreita que ele tem do mundo e de posturas que assume de forma irresponsável – como essa de acusar a Toninha de estar a serviço do Tião Miranda. Ele sempre faz isso com as pessoas. Imagina algo e vai para o jornal fazer acusações levianas. Não, Ademir, não é assim que o jornalista sério deve atuar. Tenha posturas e seja mais racional em suas colocações. Não exponha gratuitamente a honra das pessoas.
    Maria de Lourdes Ferreira Lima
    Profesora

  5. Quaradouro

    30 de junho de 2007 - 10:40 - 10:40
    Reply

    Não só o “PT pra valer” valeu o Sintepp. Antônia “Toinha” Carvalho sempre foi uma aliada virtual do prefeito Tião Miranda e, nisso, uma parceira da secretaria de Educação, Kátia Américo,porquanto uma amiga de confiança do governo local em sua luta contra a melhoria das condições salariais e de trabalho dos professores.
    Talvez agora o Sintepp entre com mandado de segurança contra a aprovação desse aumento infame de 6,5% de aumento empurrado goela abaixo deles, como sempre com ajuda da Câmara – salvo votos contrários de Ferreirinha e Maurino – se fazendo de capacho do prefeito.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *