Hiroshi Bogéa On line
Post de 

3 Comentários

  1. Augusto

    30 de abril de 2011 - 14:52 - 14:52
    Reply

    Hiroshi olha ai na Foia de Sumpaulo: Governador do Pará exonera irmão do presidente da Assembleia


    FELIPE LUCHETE
    DE BELÉM

    Menos de dois meses depois de ter sido nomeado sem concurso pelo governo do Pará, José Carlos Antunes, irmão do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, foi exonerado pelo governador, Simão Jatene (PSDB).

    Em março, a Folha noticiou que a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) paraense viu indícios de nepotismo cruzado entre o governo estadual e os Poderes Judiciário e Legislativo. No início do mandato de Jatene, 450 pessoas foram contratadas sem concurso.

    Justiça extingue ação da OAB contra nepotismo cruzado no Pará
    Governador do Pará põe irmão de aliado em seu gabinete
    Governador do Pará nomeia parentes de magistrados

    A Casa Civil declarou que Antunes, irmão do deputado tucano Manoel Pioneiro, pediu para sair. A decisão foi publicada no “Diário Oficial” de anteontem.

    Ele ocupava o cargo de “assessor especial 2”. O salário para a função é de R$ 879,21, segundo o governo.

    A Casa Civil não soube informar o que Antunes fazia. Afirmou apenas que ele trabalhava na Governadoria _que abrange o gabinete do governador, a Casa Civil, a Casa Militar e a Consultoria Geral do Estado.

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/909342-governador-do-para-exonera-irmao-do-presidente-da-assembleia.shtml

  2. Augusto

    30 de abril de 2011 - 14:48 - 14:48
    Reply

    Não entendi. Se não há nada em Belo Monte o que foi mesmo que a Vale comprou? Que investimentos foram integralizados pela vendedora para valer 2,3 bi?

  3. Anônimo

    28 de abril de 2011 - 20:56 - 20:56
    Reply

    EI HIROSCHI tu já observou que o deputado Parsifal Pontes do PMDB nesse momento em que a Assembleia Legislativa virou centro de batidas policias ele passou a falar so de sapatos caros, idade média e outras cositas mais? O homem ficou sem rumo, caro bloger,

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *