Beijando Dilma

Publicado em 25 de abril de 2009

Ela sempre enfrentou sanguinários monstros. O pior deles, a ditadura. 

Torturada seguidas vezes, jamais deletou colegas; nem abandonou a luta pelas suas convicções democráticas.
Uma a uma, todas as adversidades foram vencidas.
Hoje, no auge de sua carreira, ajuda o país a corrigir rumos, comandando projetos de desenvolvimento de um governo que já tirou milhares de brasileiros do esgoto da miséria.
Quando menos se espera, mais uma vez, um monstro sanguinário tenta estancar sua caminhada voluntariosa. 
Mas ela, com transparência e segurança, comunica ao país ter ainda forças para ir à luta encarar outra parada.
De frente, sem a covardia daqueles que a torturam barbaramente nos porões do DOI-CODI.

Assim é Dilma.
Assim ela se mostrou, olho no olho, dizendo ter iniciado a aplicação de quimioterapia para tratamento do linfoma – tumor cancerígeno localizado no sistema linfático.
Mais um monstro sanguinário a ser derrotado por essa corajosa mulher brasileira que tanto enche de esperanças o coração do poster, declaradamente seu fã de primeira hora.
Vai nessa Dilma, o Brasil te espera.