Hiroshi Bogéa On line

Batom do cerrado

Quando o poster escreveu na coluna do Diário do Pará que a senadora Kátia Abreu (DEM) representa o que há de pior na política do Tocantins, alguns embusteiros anexados ao submundo rural enviaram comentários troçando as críticas do colunista, havendo, inclusive, quem chegasse a dizer, pelo celular, de que a matéria estaria sendo encaminhada às mãos da senadora para que ela agilizasse processo crime contra o autor das críticas.

Como sempre, a reação do blogger foi de desassombro.

Não há nada mais irritante, para este jornalista, do que a performance obscura de pessoas tentando espalhar intimidação usando o caminho da Justiça.

Primeiro, são tantos os processos nestas costas que um a mais ou menos, nada altera.

Segundo, jamais o blogger usou espaços aqui ou em outros veículos para repercutir informação sem procedência.

Não se brinca de jornalismo.

Agora,  imprensa  e  blogues (mais os blogueiros, verdade.) começam a destrinchar a vida pregressa de Kátia Abreu, divulgando uma de tantas sacanagens que ela comete em seu Estado contra os mais fracos, usando a força do mandato e da presidência da Confederação Nacional da Agricultura.

O caso do pequeno proprietário de terra Juarez Vieira Resis, residente em Campos Limpos, Estado do Tocantins, versa maravilhosamente à perfeição os recursos animalescos utilizados pela “Miss Desmatamento” .

É um pequeno exemplo safado, de tantos outros de conhecimento público.

Ao usar seu poder junto ao Executivo e o Judiciário do Tocantins para pressionar Juarez a abandonar as terras em que vivia com a família desde 1955, sem receber bulhufas de indenização, a ídolo dos fazendeiros cumpriu mais uma etapa de sua indigesta vida de pecuarista sugadora dos direitos alheios.

Num palavreado curraleiro, em verdade, a senadora “roubou” elegantemente o que o pai de família construiu ao longo de 54 anos.

Post de 

4 Comentários

  1. Anonymous

    8 de dezembro de 2009 - 01:01 - 1:01
    Reply

    Hiroshi
    Voce é um cara que eu aprendi a respeitar e admirar.Vá em frente companheiro pois sua capacidade de discernimento e opiniao sao de indiscutivel seriedade.

  2. florianao

    6 de dezembro de 2009 - 17:31 - 17:31
    Reply

    Prezado

    Estou NO Tocantins há uma semana e por aqui, tenho observad que essa senhora não tem tanta essa moralidade que ela posa pra midia.

    O grupo que ela pertence ´eopior do estado,por isso o povo daqui vai dar uma resposta pra essa Katia Deu

  3. JOSÉ DE ALENCAR

    5 de dezembro de 2009 - 20:30 - 20:30
    Reply

    Meu caro Hiroshi.

    Estive uns dias no Tocantins.
    E o que se diz dela por lá nao é coisa boa de se ouvir.
    Pelo menos para ouvidos sensíveis.

  4. Anonymous

    5 de dezembro de 2009 - 12:45 - 12:45
    Reply

    Gostei do que você disse: "com jornalismo não se brinca" e "Primeiro, são tantos os processos nestas costas que um a mais ou menos, nada altera", por isso, mesmo aqui do sudeste, acompanho o seu Blog diariamente, leio coisas sérias acreditando no que leio (coisa rara hoje em dia), bem como matérias poéticas que me faz viajar em fantasias.
    Continue Senhor Hiroshi, a nos proporcionar momentos de acreditar que em nosso país temos gente séria e comprometida com a Ordem e o Progresso do nosso tão amado e ao mesmo tempo castigado Brasil e que pessoas como a Exelentíssima Senhora Kátia Abreu, que na verdade faz parte de uma escória descedente destes Caiados da vida, TFP e UDR, infelizmente ainda consegue um cargo eletivo, bananas pra ela.
    Abraços de um outro brasileiro de verdade!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *