Bando armado assalta Bradesco de Tucumã

Publicado em 7 de julho de 2012

 

 

O relato é do repórter Paulo Francis, que se encontrava no interior da agência bancária do Bradesco  de Tucumã, na hora em que ela foi tomada por assaltantes:

 

 Parecia uma sexta-feira 06, atípica, pois a agencia do banco Bradesco de Tucumã estava lotada, o normal numa sexta-feira é ficar vazia devido ao inicio do verão, muitas pessoas vão para as praias e para chácaras. Mas por volta 14:50 hs cerca de doze homens adentraram atirando dentro da agencia bancaria e exigindo o dinheiro que havia no caixa forte. Várias pessoas que estavam no interior da agencia se jogaram no chão e começaram a ora. A ação dos assaltantes dentro da agencia durou cerca de 15 minutos, logo após iniciarem a abertura do cofre os bandidos mandaram as cerca de cinqüenta pessoas que estavam no interior  da agencia irem para a frente do bando para fazerem um escudo um humano.

Cerca de vinte e cinco pessoas todos homens ficaram, por mas de meia hora na frente da agencia enquanto os assaltantes forçavam os  funcionários do banco a abrirem o caixa forte e entregar o dinheiro que estava nos caixas eletrônicos e de atendimento interno. Após pegarem todo o dinheiro que estava na agencia o bando fugiu em dois veículos tipo caminhonete; sendo uma Montana preta de um cliente do banco e uma caminhonete preta com a qual eles chegaram no inicio do assalto. No local ficou a destruição de portas de vidro, cartuchos de escopetas, metralhadora e projeteis de fuzil AR-15, e 7.62. Foram mas de trezentos tiros disparados pelos bandidos dentro e fora da agencia. Durante o assalto dezenas de pessoas passaram mal  foram liberadas, as mulheres e crianças não ficaram como reféns no escudo humano em frente ao banco.

Durante a fuga os bandidos levaram cerca de dez pessoas como reféns entre elas funcionários do banco. Minutos depois os reféns foram liberados na vicinal laranjeira, e seguiram com o gerente que foi solto logo em seguida. A policia civil e militar intensificou as buscas na zona rural de Tucumã para tentarem localizar e prender os assaltantes.

O valor da quantia roubada é de trezentos mil reais, logo após o assalto um carro forte chegou a agencia. A policia acredita que os bandidos chegaram antes do carro forte errando o horário da chegada do carro forte poderia ficar pior a situação caso os assaltantes chegassem no momento da abastecimento da agencia.

As policias civis, militar de diversos municípios e um helicóptero estão fazendo buscas na localidade entre Kaiteté e a sede da cidade de Ourilândia do Norte que fica oito quilômetros de Tucumã. Segundo informações da policia os bandidos estariam na mata entre essas localidades. 

Bandidos em fuga em Tucumã levando reféns

 

Curiosos entram na agência depois do assalto