Bandido é bandido

Publicado em 8 de janeiro de 2008

Juvencio Arruda, como Durango Kid, foi mais rápido no gatilho. E nem deu tempo do blogger responder comentário ao post Desejo de Matar de Anônimo ´saudando´ os mata-mata oficiais.
Taí o que o comentarista queria, assinado pelo criador do Quinta Emenda.
Justiceiro sempre é bandido.
Gente desiludida com a inoperancia do estado tem outros meios para exigir justiça.
Senão não é estado, é estado bandido. Quem julga e condena não é o cidadão, é o estado.
Quem age por conta própria é bandido.
Não vale reconhecer o estado para algumas coisas, e negar para outras.
Não é o Estatuto da Criança e do Adolescente que patrocina a violência. É a desigualdade, a pistolagem, a grilagem, a devastação, a permissão de instalação de grandes empreendimentos sem políticas socias que impeçam a migração desordenada.
Justiceiros são a pior espécie de bandidos, pois querem se mostrar, e à sociedade, que são mais justos que o estado.
Não são.
São mais tarados, mais doentes, só isso.