Hiroshi Bogéa On line

Bandalha nos trilhos

Pode até não ter sido interdição de parar locomotivas, mas os garimpeiros se posicionaram nos trilhos da Estrada de Ferro Carajás durante o tempo em que fincaram várias bandeiras pretas ao longo da mesma, simbolizando luto pelo assassinato do garimpeiro Josimar Barbosa, ex-presidente da Coomigasp.

Por volta das 9 horas, o pôster estava em São Domingos do Araguaia quando recebeu telefonema de uma fonte residente em Parauapebas, comunicando detalhes da ação do chamado Movimento dos Trabalhadores na Mineração.

Dias atrás (podem ver aí nos arquivos do blog), cantamos a bola quanto às conseqüências da união desse MTM com o MST. Repetimos: o pior ainda está por vir.

Nota do blog: Josimar Elízio Barbosa foi morto a mando dos próprios garimpeiros integrantes dessas entidades criadas supostamente para representar a classe. Em Curionópolis ninguém tem dúvidas disso.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    16 de maio de 2008 - 13:39 - 13:39
    Reply

    Este desmando no Governo atual é um sério problema para a Região, onde não se tem o minimo de segurança, como o investidor pode investir numa Estado onde os MTs da vida são os que ditam sua palavra de ordem e a mesma ecoa desrespeitando os direitos de todos que querem trabalhar, e o Governo Caldo se dobra a este desmando.
    EStado de Carajás Já.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *