Hiroshi Bogéa On line

Azul da cor da arara

Waldir Silva manda avisar lá de Parauapebas: 


Pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) descobriram um refúgio de araras azuis grandes, espécie ameaçada de extinção, na Floresta Nacional de Carajás (Flonaca).

Durante as pesquisas de campo foram encontrados 28 ninhos da ave, com dez filhotes. A equipe também coletou dados que poderão estabelecer o grau de vulnerabilidade da população de aves na região.

Os pesquisadores já adiantaram que existe um número elevado de aves e que é necessário descobrir meios de proteção para a preservação da espécie nesta região.


De acordo com Flávia Presti, pesquisadora do Instituto Arara-Azul, a população de araras em Carajás é maior do que se imaginava, por isso a importância do trabalho para evitar que a espécie desapareça do planeta.

Post de 

2 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    24 de dezembro de 2008 - 21:31 - 21:31
    Reply

    Pra você também, Cris. Extenso aos seus.
    Feliz Natal.

  2. morenocris

    24 de dezembro de 2008 - 12:39 - 12:39
    Reply

    Feliz Natal, menino e família.

    Beijinhos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *