Ato contra Bolsonaro sairá da Cidade Nova, neste sábado

Publicado em 1 de outubro de 2021

O ato contra o governo Bolsonaro, marcado para amanhã em todo o país, já está com a programação de Marabá definida.

A concentração ocorrerá na Praça do Lions, no Núcleo Cidade Nova.

Organizadores do evento que defende o impeachment do presidente Jair Bolsonaro seguem uma programação previamente elaborada para ocorrer em todo o país.

Através de panfletos, a divulgação do ato de protesto cita quinze razões que merecem a reflexão dos brasileiros apoiando o impedimento do presidente da  República.

Abaixo, o blog enumera:

 

  1. Porque houve 600 mil mortes em nosso país por covid-19. Muitas dessas mortes poderiam ter sido evitadas se o governo brasileiro tivesse tratado a pandemia como um problema sério e não como uma gripezinha;
  2. Porque o processo de vacinação ainda é lento. Menos da metade da população brasileira está completamente imunizada;
  3. Porque a CPI da covid-19 nos mostrou a corrupção do governo, as propinas durante a negociação de vacinas e a irresponsabilidade em relação às medidas de proteção e combate à pandemia;
  4. Porque o presidente promove golpes antidemocráticos ao ameaçar as instituições e convocar os seus aliados para uma guerra;
  5. Porque há carestia em todos os setores: alimentação, combustível, gás de cozinha, luz elétrica;
  6. Porque o Brasil vive o maior processo de desmatamento e queimada de nossas fl orestas;
  7. Porque os povos indígenas, os povos originários, estão sendo arrancados de suas terras, de sua cultura e de sua vida;
  8. Porque o orçamento governamental não contempla a Educação Pública, as Universidades e os Institutos Federais, fruto de um projeto excludente em que o acesso à educação superior deve ser para poucos;
  9. Porque a saúde pública sofre com o descaso, a falta de recursos e com as constantes ameaças de privatização;
  10. Porque tramita no congresso nacional uma proposta de destruição dos serviços públicos com a PEC 32;
  11. Porque 20 milhões de brasileiros passam fome e disputam restos de ossos nos açougues;
  12. Porque há 15 milhões de desempregados, segundo os dados ofi ciais, e milhares de trabalhadores e trabalhadoras em situação precária e sem nenhum direito trabalhista;
  13. Porque o governo ataca sem trégua os direitos conquistados pela classe trabalhadora;
  14. Porque o presidente e seus seguidores propagam o ódio, o racismo, a misoginia, a LGBTfobia e diversas formas de violência e opressão;
  15. Porque está em curso um planejado ataque às liberdades democráticas e perseguições políticas;