Hiroshi Bogéa On line

Ferrovia: Associação Comercial de Marabá publica Nota de Repúdio ao governo federal

Na noite de ontem, 11, o presidente da ACIM, Ítalo Ipojucan Costa, concedeu coletiva à Imprensa local, para manifestar o descontentamento não só da classe empresarial, mas de toda a Sociedade Civil Organizada, diante de mais uma medida do governo federal contra o Pará e, especialmente contra a nossa região, ao impor que a Vale, em troca da renovação da concessão da Estrada de Ferro Carajás, construa uma ferrovia ligando o Mato Grosso a Goiás, de 383 km, avaliada em R$ 4 bilhões.

Para a ACIM e a Sociedade Civil Organizada, isso é um desrespeito com a região de onde sai a maioria das riquezas minerais do País e que deveria ser contemplada com esses recurso.

Na oportunidade, Ítalo Ipojucan lançou Nota de Repúdio, a qual foi assinada também pela Câmara Municipal de Marabá, OAB-Subseção Marabá, Maçonaria, Conjove, Rotary Club, Lions Club, Sindicom, Sindicato dos Produtores Rurais, Sindihotel, Sindecomar e Simetal. (Assessoria de Imprensa ACIM)

Abaixo, Nota de Repúdio, na íntegra:

 

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *