Hiroshi Bogéa On line

AL debate aplicação de R$ 90 milhões

 

 

Os deputados estaduais estão reunidos, neste momento, debatendo projeto do Executivo estadual que altera a aplicação de parte do empréstimo de R$ 366 milhões feito pelo governo Ana Júlia Carepa (PT), em 2012, junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em 2010.

O empréstimo fora destinado pelo governo federal aos estados afetados pela crise financeira  mundial.

Agora, o governo Simão Jatene (PSDB) propõe que o saldo de R$ 90 milhões do empréstimo   seja aplicado em outros três projetos, na capital, regiões sudeste e oeste do Pará.

Serão destinados R$ 45 milhões para reforma, reaparelhamento e ampliação de leitos no hospital Abelardo Santos, em Icoaraci.

Os outros R$ 45 milhões serão destinados para a construção de centros de convenções, sendo R$ 20 milhões para um em Marabá e outros R$ 25 milhões para o de Santarém.

Só que o deputado estadual João Salame, neste momento (12:20), acaba de apresentar emenda ao pr0jeto  propondo que o valor de R$ 90 milhões seja dividido em partes iguais. Ou seja, R$ 30 milhões para  obras no hospital Abelardo Santos, em Icoaraci; R$ 30 milhões para o CC  de Santarém; e, R$ 30 milhões para o centro de convenção de Marabá.

O blog acompanha a votação do projeto de lei.

Mais tarde, mais informações.

———————-

Atualização às 12:44

 

Terminou agora a votação da emenda do deputado João Salame (PT)  ao projeto do governo do Estado propondo a readequação do valor de R$ 90 milhões que sobrou do empréstiumo de R$ 366 milhões aprovados ainda no governo Ana Júlia.

Por 15 votos a 10 os deputados estaduais mantiveram a proposta inicial do governo, negando a redistribuição de R$ 15 milhões às obras dos centros de convenção de Marabá e Santarém.

Dois fatos foram bastante comentados no plenário da AL: ausência à votação do deputado Sebastião Miranda (PTB) e o voto contrário do deputado Alexandre Von (PSDB) à reaplicação de mais R$ 5 milhões para as obras do centro de convenção de Santarém.

Os dois deputados são candidatos a prefeito em seus respectivos municípios, Marabá e Santarém.

Se a emenda  fosse aprovada, o centro de convenção de Marabá ganharia mais R$ 10 milhões.

 

Deputados que votaram a vavor da emenda de João salame: o próprio Salame, Edmilson Rodrigues (Psol), Edilson Moura, Milton Zimmer, Bernadete Caten Valdir Ganzer  Airton Faleiro, Carlos Bordalo, Zé Maria (PT);  Chicão (PMDB).

Os deputados contrários à emenda, até agora confirmados pelo blog: Jose Megale, Alexandre Von, Haroldo Martins, Cassio Andrade, Fernando Coimbra,Eduardo Costa, Martinho Carmona., NIlda Lima, Raimundo Santos, Pastor Divino (PRB), Faustino (PR),  Wilton  (PMN), Nélio Aguiar.

Falta o blog checar os nomes de mais dois parlamentares que mantiveram a proposta  original do projeto.

Post de 

16 Comentários

  1. Anonimo

    8 de julho de 2012 - 09:34 - 9:34
    Reply

    João Dias,Vc é pago para faser o trabalho de defesa, do JÁ,JÁ e do Tião do Não,ou é um daqueles fantasminhas voando sobre as nossas cabeças.

  2. mudos

    29 de junho de 2012 - 13:13 - 13:13
    Reply

    Marabá esta bem de candidatos, pelo menos eles sabem falar. Maurino ja aprendeu a falar ,Tião tem o que falar e João Salame sabe o que dizer.Para nos so resta ouvir e VOTAR . Já em São João do Araguaia os pretendentes candidatos não falam em palanque, será que vão chamar o José Freire Falcão (CAZUZA) para falar no lugar deles .É muito moderno eu vou lá só ver.

  3. morador da cidade nova

    28 de junho de 2012 - 23:58 - 23:58
    Reply

    o poster dependendo da materia exclui os comentarios por o comenario que eu fiz ainda pouco não foi postado tenho certeza que não ofendi nenhuma pessoa so e injusto o que o deputado joão salame vem fazendo com suas inverdades !e peco ao poster que publique meu comentario assim ele demontrar que não ta sendo imparcial nas suas colocaçoes!!!!!desde de já agradeço a compreensão e fica os meus votos de sucesso !

  4. Luis Sergio Anders Cavalcante

    28 de junho de 2012 - 19:40 - 19:40
    Reply

    Já disse e repito : Não sou contra obras para Marabá, seja conseguida por Deputado A ou B. As prioridades reais é que deveriam nortear essas votações dos ilustres deputados. E com certeza Centro de Convenções não é o que mais necessita, no momento, o município. Em 28.06.12, Marabá-PA.

  5. Anônimo

    28 de junho de 2012 - 16:40 - 16:40
    Reply

    João Dias, de qualquer forma o voto do Dep. Tião Miranda não mudaria o resultado da votação.

  6. João Dias

    28 de junho de 2012 - 10:56 - 10:56
    Reply

    Costumo me posicionar com base nos fatos e nos comentários, sem qualquer interesse pessoal ou partidário.

    Acompanho, ainda que à distância, o trabalho dos dois deputados em defesa de uma MARABÁ econômica e socialmente próspera. Em geral, a abertura das licitações acontece às 10:00h, horário de Brasíia enão tem hora pra terminar, demanda processo, julgamento, diligências, recursos, etc.

    A votação do Projeto Executivo ocorreu na ALEPA (Belém) e da licitação em Marabá, no mesmo dia e horários próximos. Francamente, por mais que houvesse vontade dos deputados – tanto Tião não teria condições de estar presente na ALEPA e, de igual modo, o deputado João Salame em Marabá.
    Afinal, as atribuições e responsabilidades dos parlamentares é a mesma.
    Não é justo exigir de um e ignorar o outro.

  7. Anônimo

    28 de junho de 2012 - 10:15 - 10:15
    Reply

    João Dias, dependendo do horário dos dois “eventos” talvez desse sim.

  8. Anônimo

    28 de junho de 2012 - 09:51 - 9:51
    Reply

    è brincadeira! o cara recebe muito bem, para, pelo menos, assistir a sessões e demais reuniões na AL. E nem isso o miserável faz! Deus me livre. Vai trabalhar Tião do Não.

  9. Cezar

    28 de junho de 2012 - 08:45 - 8:45
    Reply

    ê tião… não pisa fora da faixa cara. presta atenção no serviço!

  10. Alberto Lima

    28 de junho de 2012 - 08:27 - 8:27
    Reply

    O certo seria o dinheiro ser repartido igualitariamente!

    Mas com Simão Jatene, esse negócio nunca muda!!

    Impressionante!

  11. Eleitor do Sim

    27 de junho de 2012 - 22:25 - 22:25
    Reply

    Ao eleitor de Marabá.
    É mais uma vez o Tião do NÃO mostrando o compromisso dele com Marabá e região, já não bastasse ele ter sido contra a criação do estado do carajás, agora podendo ajudar o Salame e Bernadete a defender recursos para nossa região, nem la foi, depois fica contando historia de carunchinha aqui ali, olha rapaz todas essas traições você vai nos pagar nas urnas, Salame continue defendendo o povo que lhe elegeu que nos vamos saber te retribuir dia 07 de outubro. Salame prefeito.

  12. João Dias

    27 de junho de 2012 - 19:26 - 19:26
    Reply

    Desafiando as leis da física:

    Conforme noticiado aqui no Blog (quinta-feira, maio 17, 2012, 7:53), as obras do Centro de Convenção de Marabá terão início até o final de julho, seguindo o cronograma elaborado pelo governo do Estado, explica Tião Miranda, que vem acompanhando de perto os trabalhos de elaboração dos projetos arquitetônicos e executivos.

    “A abertura dos envelopes da licitação para as obras do Centro de Convenção de Marabá ocorrerá nesta quarta-feira, 27 de julho, no auditório da Associação Comercial e Industrial de Marabá, na presença do secretário de Obras do Estado, Joaquim Passarinho, e do deputado estadual Sebastião Miranda.”

    “Ao mesmo tempo, os deputados estaduais estão reunidos na ALEPA, debatendo projeto do Executivo estadual […] João Salame, neste momento (12:20), acaba de apresentar emenda ao projeto propondo que o valor de R$ 90 milhões seja dividido em partes iguais. Ou seja, R$ 30 milhões para obras no hospital Abelardo Santos, em Icoaraci; R$ 30 milhões para o CC de Santarém; e, R$ 30 milhões para o centro de convenção de Marabá.”

    “Dois fatos foram bastante comentados no plenário da AL: ausência à votação do deputado Sebastião Miranda (PTB)” […]

    É possível que um corpo ocupe, ao mesmo tempo, dois espaços diferentes? Não se trata de inassiduidade habitual, mas, compromisso agendadado há mais de 45 dias. Entendo que, tanto a atuação do deputado João Salame, quanto a do deputado Tião Miranda contribuem para o desenvolvimento e merecem o reconhecimento da sociedade marabaense.

  13. Evandro Jr

    27 de junho de 2012 - 16:56 - 16:56
    Reply

    Seria mais interessante fazer como todos os os gestores fazem. Investir na Almirante Barroso. Parece que todo dinheiro do estado tem que ficar nessa Av.

  14. Anônimo

    27 de junho de 2012 - 14:45 - 14:45
    Reply

    Só não tiraram o centro de convenções de Marabá,porque é um projeto iniciado pelo PT. e se não fizerem o proximo Governador fará do PT ou do PMDB.

  15. Anônimo

    27 de junho de 2012 - 14:38 - 14:38
    Reply

    Se o Jatene pedir para o Tião tocar fogo em Marabá,não duvide.Todo projeto tem reajuste. Tião perdeu outra oportunidade de estar a favor do povo de Marabá.

  16. Paulo Porto

    27 de junho de 2012 - 13:01 - 13:01
    Reply

    Isso mostra claramente quem luta por Marabá. E o Tião do NÃO ainda fica mentindo ao dizer que ele está trazendo o Centro de Convenções pra Marabá. É um empréstimo votado pelos deputados e ele não tava lá. O deputado Salame tentou colocar mais dinheiro pra Marabá e ele não tava lá pra ajudar. N´´os vamos dar o troco nas urnas

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *