Hiroshi Bogéa On line

Assalto a carro-forte na PA-150 pode ter vitimado assaltante

 

 

As informações ainda são desencontradas, mas é bem provável que um dos oito bandidos que assaltaram um  carro-forte, esta tarde, na PA-50, às proximidades de Vila Palmares, entre Tailândia e Moju, tenha sido morto.

Troca de tiros entre os segurança do veículo e a bandidagem teria resultado numa morte, ainda não confirmada.

Pelo telefone, agora há pouco, Marcelo Lontra, amigo do blog residente em Tailândia, disse que  há versão da morte de um bandido, ao mesmo tempo em que se comenta a vítima ser um dos segurança do carro-forte.

 

Armados com escopetas e pistolas, membros da quadrilha  obrigaram o motorista do veículo a parar na estrada, conduzindo-o depois a uma vicinal.

A polícia de Tailândia ainda não liberou detalhes, apenas confirma o assalto.

Post de 

5 Comentários

  1. ely macedo

    30 de janeiro de 2013 - 21:44 - 21:44
    Reply

    e uma pouca vergonha as pessoas trabalhando e bandido asolta , ate quando essa insegurança pro povo que trabalha onestamente, cade a escolta desses homens que precisam de segurança, pra atendo a popolaçao meu deus a falta de amor esta grande so o senhor pra ter misericordia

  2. carlos

    30 de janeiro de 2013 - 08:09 - 8:09
    Reply

    hiroshi o procon tem que tomar providencia com os cartórios e um desreipeito com qualquer cidadão , que precisa fazer algo nestes cartórios, ontem fiquei mas de tres horas para reconhecer um assinatura.

  3. Amaral Rocha

    29 de janeiro de 2013 - 22:53 - 22:53
    Reply

    Hiroshy,
    A informação, é verdadeira, realmente, por volta das 12:00 horas, na Pa 150, Via Uiaçú, o carro forte da empresa prossegur, que transportava um milhão e meio de reais, para o banco do Brasil de tailãndia, foi interceptado, por uma quadrilha, que após atirar nos pneus e nos vidros do carro forte, utilizou explosivos, o que fez com que os quatro vigilantes, deixassem o carro forte. Dois dos vigilantes, foram baleados. a quadrilha, fugiu, levando o dinheiro e as armas dos vigilantes.

  4. Gabriel santos

    29 de janeiro de 2013 - 22:18 - 22:18
    Reply

    A Segurança Pública, está um caos. O Governo do Estado, prdeu o controle da situação.

  5. bruno moraes

    29 de janeiro de 2013 - 19:13 - 19:13
    Reply

    Caro Hiroshi, passei a ser leitor assiduo do seu site por 2 motivos.Primeiro é referencia na região sul do Pará e segundo por ser referência quando o assunto é o trabalho sério do João Salame.
    Passei a admirar o trabalho do João por acreditar nos ideais do Carajás e conhecer a realidade sofrida desse povo abandonado pelo nosso governador.
    Recentemente li em seu blog a postura correta de um prefeito que entra e triste postura de um prefeito que sai. O que saiu passou vários cheque dia 31/12 para empreiteros e não pagou o funcionalismo.A postura que um politico comprometido com seu municipio seria de sustar todos os cheques para averiguar se o serviço, obra ou produtos foram entregues e se sim parcelá-los pois seriam menos importante que o pagamento do funcionalismo e medicamentos dos postos de saúde ; e caso não tenham entregue , deixar de pagá-los.Mas tem outros que entram, que quando sustam, sustam pra barganhar comissão e tem aqueles que não sustam pq já negociou sua comissão e colocar a culpa no pref anterior e no bancário que não sustou, como se não podesse ser atendido pelo gerente antes do horário.Todo gerente adula a autoridade local.
    Fiz esse pequeno comentário para poder separar o jôio do trigo, pois fiquei revoltado com a desculpa esfarrapado do prefeito de Anapú com um caso semelhante narrado no site do xaropinho.Deixei até um comentário lá.
    Sou Bancário.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *