Às merendeiras, com carinho

 

 

Dona Valdinete, no artigo da semana de Evilângela Lima, simboliza as demais merendeiras das escolas públicas de Marabá. Ela vira personagem pela atenção dada à alimentação escolar de centenas de jovens, numa singela observação registrada pela colaboradora – sempre sensível aos fatos corriqueiros da vida educacional de Marabá.

Atenta, Evilângela  lembra: “as merendeiras são educadoras de mão cheia, pois ensinam nossas crianças enquanto as alimentam. Distribuem as refeições com cuidado, fazem os alunos obedecerem às filas, orientam a manter o pátio limpo e sem desperdício de alimento”.

Às merendeiras, com carinho, o artigo de Evilângela, na coluna ao lado.