Hiroshi Bogéa On line

As atitudes de Meg

De vez em quando, presente em minha casa, acompanho o trabalho da Meg Barros nos bairros de Belém, colado na RBA, assistindo, aos sábados, pela parte da manhã, o programa Atitude.

O de ontem, estava muito gostoso.

A Meg completou um ano de programa no ar, registrando suas ações em favor dos menos assistidos.

A advogada e jornalista faz um trabalho que eu, você, e, certamente, 99,9% da população não fazemos.

Não cumprimos com nossa obrigação cidadã.

Jovem, mãe, bonita, extratificada naquela faixa de classe média, Meg bem que poderia dedicar seu tempo, nos fins de semana, a questões de cunho pessoal ou familiar.

Não, ela cumpre suas obrigações profissionais e, sem perda de tempo, corre para os bairros, levando benefícios ou conduzindo alguma autoridade capaz de ajudá-la, também, a resolver pendências sociais de difícil transposição, caso não haja alguém com atitude semelhante.

Ao comemorar um ano de programa, o blogger registra sua admiração às atitudes dessa garota.

Post de 

7 Comentários

  1. Meg Barros

    30 de março de 2010 - 00:28 - 0:28
    Reply

    Gente, eu não sou candidata. Nunca pensei no Atitude com esta intenção. Incrível como todos associam solidariedade a fins eleitoreiros. Compreendo que já devem ter havido vários que fizeram isso e perderam o contato com o povo. Com certeza é gente sem coração, não dá pra ignorar as dores do povo. Eu acredito na política para melhorar a vida das pessoas, mas enfim, muitos políticos só pensam em si mesmos, eu não entendo como se reelegem, mas isso é outro assunto.
    Faço o Atitude em nome do meu amor pelo fim do Atitude: a caridade, a paz. Sou apaixonada pelo meu programa, se depender de mim ele nunca sai do ar!
    E mais, o fato de eu não ser candidata também não me faz um ser perfeito. Eu sou uma pessoa comum, tenho minhas falhas, sou imperfeita como você que me lê agora, como todos nós!
    Vamos fazer cada um a sua parte, e deixemos que nossos representantes trabalhem por nós. Afinal, é pra isso que ELES existem, né?

  2. Anonymous

    29 de março de 2010 - 14:40 - 14:40
    Reply

    Fico abismado como sempre tem um "mala" para criticar o trabalho dos outros.

  3. Anonymous

    29 de março de 2010 - 11:18 - 11:18
    Reply

    Também acho que isso tem intenções eleitoreiras. Muita gente faz isso pra conseguir ser visto… aí se candidata, se elege e some.

    Acho que fazer filantropia é até uma obrigação, principalmente pra quem pode. Mas fazer disso um espetáculo, tira a seriedade.

    O único cidadão que mostrou seriedade enquanto era vivo e fazia filantropia, foi Airton Sena. Só depois de sua morte é que apareceu o que ele fazia em prol de pessoas necessitadas.

    Como o anônimo anterior disse: desde que ela não seja candidata… pois seria somente mais um engano.

  4. Hiroshi Bogéa

    28 de março de 2010 - 20:56 - 20:56
    Reply

    E eu feliz, e super esperançoso, saber que estás levando seu trabalho a tanta gente necessitada. Conta comigo, sempre, menina. Abraço você e Kleber.

  5. Hiroshi Bogéa

    28 de março de 2010 - 20:53 - 20:53
    Reply

    Edyr, não faça juízo de valor com tamanha desesperança. Seria tão bom se a Meg e tantos outros jovens bens intencionados entrassem, sim, na política partidária para mudar esse escuro cenário, sujo e medonho,perpetuando-se nas casas legislativas! Tão bom seria! Vá por aí, parceiro. Um sofro de juventude, quanto mais, quanto mais. Abs

  6. Meg Barros

    28 de março de 2010 - 18:06 - 18:06
    Reply

    Que lindo Hiroshi.
    Hoje de manhã eu estava na Praça da República reunida com voluntários e parceiros do Programa Atitude. Abrimos uma roda em oração pra agradecer 1 ano de trabalho. Lá, eu disse que o que vale não são as torres de mármore mas a flor que brota entre o concreto. Linda e delicada, tranquila, ela resiste a todos os desafios.
    Obrigada por mais uma flor, que simboliza todo o seu carinho e sua admiração.
    Estou muito feliz pela homenagem!
    Obrigada,

  7. Anonymous

    28 de março de 2010 - 17:22 - 17:22
    Reply

    Assino em baixo, Huroshi, o seu comentário. Mas desde que a nossa meiga e bonita Meg não seja candidata a nada nas próximas eleições.
    Do contrário, será mais uma igual a tantos outros que só fazem o "bem" pensando no seu bem.

    Um forte abraço e fique certo de que sou seu admirador.

    a) Edyr Batalha

Leave a Reply to Meg Barros

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *