Hiroshi Bogéa On line

Armazém distribuidor

Segundo editorial do jornal La Nacion, recente relatório da Controladoria (GAO) dirigido ao Congresso dos Estados Unidos advertiu que o narcotráfico penetrou com muita força na Venezuela. De acordo com o relatório, esta situação deve-se essencialmente à corrupção existente dentro do governo, do Exército e das forças especiais locais que controlam portos, aduanas e aeroportos do país, contribuindo para criar um clima de permissividade, fundamental para os objetivos das organizações narcotraficantes.

Sobre este tema, a investigação aponta que “segundo membros das FARC interrogados pelo governo colombiano, servidores públicos venezuelanos, incluindo membros da Guarda Nacional, receberam subornos para facilitar o transporte da cocaína através da fronteira colombiana”.

O relatório aponta também que a Venezuela se converteu no principal centro de distribuição da cocaína produzida na Colômbia e no maior porto de embarque da droga, com destino principalmente aos Estados Unidos e a Espanha. E indica que, de 2004 até 2007, a droga colombiana distribuída a partir de centenas de aeroportos clandestinos da Venezuela mais que quadruplicou, passando de 60 para 260 toneladas por ano, ou seja, 17% de toda cocaína produzida no mundo em 2007.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *