Aprovação da gestão Tião Miranda drena intenção de voto a Beto Miranda

Uma das últimas pesquisas realizadas em Marabá medindo a gestão do prefeito Tião Miranda e a intenção de votos para governo do Estado, Senado e candidaturas proporcionais mostra detalhe importante.

Num quesito que pergunta se o eleitor “votaria em candidato a deputado estadual parente do prefeito de Marabá”, 82% responderam que sim.

Índice equivalente a aprovação da atual administração municipal, de 80%.

A alta percentagem respondida “sim” favorece de forma direta a pré-candidatura do vereador Beto Miranda, irmão de Tião, que teve seu nome indicado à disputa pela executiva estadual do PSDB em recente visita a Marabá do deputado Márcio Miranda, pré-candidato a governador, e de José Megale, um dos coordenadores do partido no interior do Estado.

Outro fator que mostra a probabilidade da pré-candidatura de Beto Miranda receber significativo apoio do eleitorado marabaense é a crescente manifestação de lideranças comunitárias e até de auxiliares do prefeito municipal favoráveis ao nome de Beto.

A capilaridade de uma candidatura a cargo público é medida nesses parâmetros.

Ou seja, independente da posição que o prefeito venha a tomar em relação a quem vai receber seu apoio a deputado estadual, o sobrenome Miranda exerce forte influência no humor do eleitorado.

Na foto, deputado federal Joaquim Passarinho reunido com o prefeito Tião Miranda e com o vereador Beto Miranda, com quem fechou dobradinha para a eleição de outubro. Não se sabe o teor da conversa entre o deputado federal e o prefeito de Marabá, mas certamente o tema eleição foi um analisado.