Hiroshi Bogéa On line

Apertando alicate

Justiça Federal um dia dá jeito nessa cambada.

Outra boa nova vindo de Altamira, conforme narra a Ascom da JF:

A Justiça Federal em Altamira determinou que o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) destine mais dez servidores para atender a população da região, “no prazo improrrogável de 20 dias”. A decisão é do juiz Ruy Dias de Souza Filho e atende pedido do Ministério Público Federal.

Pela ordem, sete técnicos previdenciários e três peritos médicos devem ser enviados para a agência do INSS em Altamira para atender os moradores da cidade e mais nove municípios vizinhos. Atualmente, o posto conta com apenas cinco técnicos e nenhum médico. Mais de 400 pedidos de auxílio-doença estão acumulados por conta do déficit de pessoal.

Além da solução urgente para o atendimento, a liminar judicial também ordena o agendamento de uma visita do PrevMóvel aos municípios atendidos pela agência e que o INSS providencie a destinação de cargos de médico e técnico no concurso que deve ocorrer ainda esse ano. A desobediência à ordem judicial custará multa de R$ 10 mil por dia ao órgão.

Essa é a segunda ação do MPF tratando de problemas no atendimento da Previdência na região de Altamira. No processo mais antigo, a Justiça chegou a determinar a realização das perícias necessárias para concessão de benefícios previdenciários, mas isso nunca chegou a se efetivar porque o INSS obteve suspensão da decisão no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília. No processo mais recente, também cabe recurso ao TRF1
Post de 

2 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    20 de fevereiro de 2011 - 17:22 - 17:22
    Reply

    Anônimo de Tucuruí. Meu email:

    hiroshyb@gmail.com

    Qualquer contato sobre informação da cidade, entre em contato. Até ´ra gente se encontrar ai. Mande seu emeio pra gente trocar figurinhas.

  2. Anonymous

    19 de fevereiro de 2011 - 02:43 - 2:43
    Reply

    Quem deveria ser questionado da situação do sr. Dionisio é a PMM.
    O cara esta quatro anos fora do serviço publico, inicialmente cedido para governo da Ana Júlia,com preferiu ficar na situação de LOBISTA legalmente a licença deveria acabar.E como já se passara quatro anos e uma licença sem vencimento no máximo dois anos sem prorrogação, este moço já deveria ter sido demitido ha muito tempo, à bem do serviço publico.
    Será! que ele continua com aquele papo de derrubar avião ou "de fazer tremer as estruturas" é assim que ele consegue as coisas, fazendo ameaças aos prefeitos e secretários, para ganhar e não trabalhar.E o mais grave, ele tem vários empregos(marabá,São Domingos e Brejo Grande e na SEDUC).
    O MPF,PF e MPE deveriam buscar saber a situação desse moço, pois ele vai continuar ganhando dinheiro publico sem trabalhar.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *