Hiroshi Bogéa On line

Apalpando terreno

Hoje (1) e amanhã (2), o Programa de Desenvolvimento de Fornecedores do Pará (PDF) realiza workshops de negócios em Ourilândia do Norte e em Canaã dos Carajás. Além de promover a interiorização da Fiepa no Sul e Sudeste do Pará e integrar os empresários locais e as entidades de classe da região, o evento promoverá encontro entre fornecedores e as empresas contratadas da Vale.

Post de 

2 Comentários

  1. hiroshi

    1 de agosto de 2007 - 20:22 - 20:22
    Reply

    Querido anônimo 3:29PM, sejamos justos. A CVRD, através de um fundo de aval, disponibilizou dinheiro em conta para o governo do Estado construir as 30 mil unidades habitacionais. A Caixa Econômica, que entrava na parceria tripartite, criou uma serie de obstáculos burocráticos inviabilizando os conjuntos de moradia.
    A Vale do Rio Doce, à época do governo Simão Jatene, colocou grana em conta, companheiro.
    Um abraço e volte sempre.

  2. Anonymous

    1 de agosto de 2007 - 18:29 - 18:29
    Reply

    A Companhia Vale do Rio Doce – CVRD é muito boa para fazer apresentação tipo esta que tu estás anunciando: Apalpando terreno. É algo mirabolante para quem vai assistir, pois os contratados da CVRD são especialistas em gráficos e números, no entanto na prática é tudo diferente. Quem não se lembra das 30.000 mil casas prometidas pelo todo poderoso presidente da CVRD Roger Agnelli prometeu fazer em convênio com o Governo do Estado para alguns municípios do Estado no período do Governo Simão Jatene. O amigo Hiroshi conhece alguma município deste Estado onde foi construída uma (1) só residência neste plano mirabolante prometido pela CVRD. A Vale é muita LENDA PARA POUCA AÇÃO.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *