Aos nossos filhos

Publicado em 7 de agosto de 2007

Lembrete aos nossos filhos e filhos dos nossos amigos e dos desconhecidos também: não reajam diante de um assalto. Deixem levar tudo. Carro. Bolsa. Dinheiro. O escambau. Depois a gente providencia outros. Se vocês forem, não temos como retorná-los. E queremos tanto vocês vivos para nos enterrar!
Pais não nasceram pra enterrar os seus.