Hiroshi Bogéa On line

Ao trabalho, então

 

 

Está na coluna RD, do Diário do Pará desta sexta-feira:

 

“Os projetos estratégicos ao desenvolvimento paraense que nunca saíram do papel e os que se arrastam pelos escaninhos da burocracia do Estado brasileiro serão algumas das prioridades do mandato, segundo anunciou o senador eleito (Jader Barbalho)”.

 

Pois não, então é hora urgente de arregaçar as mangas para lutar pela construção imediata da hidrovia Araguaia-Tocantins, começando pelo derrocamento (retirada de pedrais) de 45 quilômetros do rio.

O blog irá cobrar essa participação efetiva de Jader na luta pela hidrovia.

Post de 

5 Comentários

  1. anonimo

    19 de dezembro de 2011 - 08:49 - 8:49
    Reply

    Pena que o ACM morreu.

  2. Jorge Taiguara

    18 de dezembro de 2011 - 16:43 - 16:43
    Reply

    O senador Jader só tem essa bala na agulha para melhorar sua imagem, é uma oportunidade impar em sua vida, posto que seu passivo com o povo do Pará é enorme, da outra vez decepicionou a nós todos com o episódio de triste lembrança e pelo qual foi obrigado a deixar o senado da república pela porta dos fundos.
    O estado do Pará está sem uma referência de pêso no cenário politico nacional, se ele realmente cumprir com o que promete, ganhará o Pará e por extensão os paraenses como um todo.

  3. Raimundão

    16 de dezembro de 2011 - 23:06 - 23:06
    Reply

    O Jáder vai trabalhar pelo povo dele.(familia,parentes, amigos,puxa-sacos,baba-ovos, etc.). Vai fazer muitas reformas, nas propriedades dele.

    KKKKKK

    Ainda tem gente que acredita em Papai Noel, Duendes, Fadas, etc.

  4. Alberto Lima

    16 de dezembro de 2011 - 11:50 - 11:50
    Reply

    Não só você, Hiroshi.

    Nós todos cobraremos!

  5. Anônimo Filho de Marabá

    16 de dezembro de 2011 - 08:35 - 8:35
    Reply

    Hiroshi! Estaremos juntos, para cobrarmos do Sen. Jader Barbalho,muito trabalho, que aláis é sua marca, em prol do nosso PARAZÃO.Parabéns Sen. Jader barbalho! VIVA À DEMOCRACIA!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *