Hiroshi Bogéa On line

Antonio José vai pro TCM

 

 

Antonio José Guimarães,  fiel escudeiro do senador Jader Barbalho (PMDB), será conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios.

A indicação do nome do atual secretário do Estado de Integração Regional é dada como definitiva para assumir o cargo vago pela aponsentadoria do conselheiro Alcides Alcântara.

Franssinete Florenzano é quem nos detalha.

Post de 

7 Comentários

  1. Franssinete Florenzano

    28 de abril de 2012 - 17:29 - 17:29
    Reply

    Obrigada por repercutir o post, Hiro. Na semana que vem dever ser feita a arguição e eleição do novo conselheiro, a não ser que falte quorum na Alepa. Abração!

  2. anônimo

    26 de abril de 2012 - 17:08 - 17:08
    Reply

    Hiroshi,
    O Dr. Antonio José, é uma pessoa preparada para assumir a vaga aberta
    no TCM, uma pessoa muito simples, de fácil acesso a qualquer cidadão, seja ele Rico ou Pobre, Branco ou Negro, todos que o procuram encontram aquele ombro amigo, cuidadoso com as questões sócias. Portanto, tem sido
    assim, a rotina de vida do Dr. Antonio José, em todas as ocosiões em que tem cupado cargos públicos. É, facil, comprovar o que digo, basta, ir ao CIG Centro Integrado de Governo, que lá está ele, de braços abertos recebendo
    os Paraenses dos quatro cantos desse Estado. Se, a escolha do Gov. Jatene recair sobre o nome do Dr. Antonio José, o Colegiado de Conselheiros do TCM ficará intelectualmente maior. Boa sorte !

  3. Observador

    26 de abril de 2012 - 14:46 - 14:46
    Reply

    É mais uma raposa para guardar o galinheiro!!!
    Enquanto isso os Auditores do TCM continuam sem poder algum, retirado este poder mediante ato da presidência daquela casa e concentrado nas mãos dos conselheiros, ora veja só. Os que detém a capacidade técnica não podem execê-la por conta de ato politiqueiro (rima com chiqueiro). Em resumo: os julgamentos de contas dos entes municipais não serão mais que julgamentos políticos ao sabor de interesses de poucos.

  4. Anônimo

    26 de abril de 2012 - 07:34 - 7:34
    Reply

    ME DIZ COM QUEM TU ANDAS, QUE EU TE DIGO QUEM ÉS. KKKKKKKKKKK TU QUERES SERIEDADE.
    UM PÉ DE MANGA NÃO DÁ ABACAXI.

  5. Luis Sergio Anders Cavalcante

    25 de abril de 2012 - 18:31 - 18:31
    Reply

    Hiro, concordo com o cidadão paraense. Os (maus) políticos indicam e conseguem nomear seus apadrinhados com o fito de ao efetuarem suas falcatruas financeiras com dinheiro público, tenham suas contas aprovadas. É uma vergonha. E mais, um cara como Jáder ainda consegue enganar 1.800 mil eleitores que o elegeram para o Senado Federal. Infelizmente. Em 25.04.12, Marabá-PA.

  6. Cidadão Paraense

    25 de abril de 2012 - 13:27 - 13:27
    Reply

    Caro Hiroshi,

    Sinceramente nao acredito num órgão de vital importância para fiscalização das contas publicas ser manobrado por políticos nas indicações de postos de trabalho.
    Como acreditar na isenção e lisura de um tribunal de contas
    Com conselheiros indicados por políticos ? Esses órgão
    Deveria ser composto por um colegiado onde a sociedade civil
    Participasse já o que esta em questão e o dinheiro publico.

  7. Anônimo

    25 de abril de 2012 - 10:27 - 10:27
    Reply

    Valha-me Deus! Tá tudo perdido!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *