Hiroshi Bogéa On line

Anos-Luz

As diferenças de comprometimento com as regiões mais distantes do poder central são oceânicas, comparando-se o olhar dos governos do Pará e Tocantins. Um bom exempo? O Pará deixa se acabar no tempo o acervo de um modesto museu com memórias da Guerrilha do Araguaia (olha, é modesto mesmo, peças simples com seu significado medido apenas pela importância de determinado momento histórico, recolhidas na mata por um curioso rapaz residente em São Geraldo), enquanto está por iniciar em Xambioá, cidade tocantinense localizada do outro lado do rio Aaraguaia, no Bico do Papagaio, a edificação do Memorial do Araguaia.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    8 de agosto de 2007 - 17:00 - 17:00
    Reply

    Até hoje a situaçào do acervo da guerrilha do Araguaia continua do mesmo jeito aqui em São Geraldo, HIROSHI. Vai se acabar e nada será feito, apesar das promessas meses atrás de que a secretaria de Cultura do Estado iria recuperar peça por peça.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *