Hiroshi Bogéa On line

Ana conquista Marabá

Foi bastante positiva a passagem de Ana Júlia por Marabá.

1- Empresários vibraram com o que ouviram e o conjunto de obras projetadas para a cidade;

2- Politicamente, manteve-se neutra. Foi paparicada e tratou os pré-candidatos a prefeito da mesma forma;

3- Percorrendo 185 estandes da Ficam, cativou a todos. Homens, mulheres e crianças.

4- Com cerreza, retornou a Belém deixando muito mais gente comprometida com o governo do PT. Pelo menos, o PIB da cidade fechou com ela.

5- Estado de Carajás? Uma única vez se tocou no assunto. Sem vibração.

A partir das 14 horas, atualizando o blog, lances e detalhes mais importantes da visita da goveradora a Marabá.

Post de 

7 Comentários

  1. Anonymous

    4 de dezembro de 2007 - 13:54 - 13:54
    Reply

    Veja só onde andamos… CASTOR DE ANDRADE! QUE REFERÊNCIA!

  2. Anonymous

    3 de dezembro de 2007 - 19:04 - 19:04
    Reply

    Parabens aos empresarios de Maraba que nao se importam com politicagem e sim com seus negocios e os negocios de nosso municipio.
    Como dizia o falecido Castor de Andrade : O MEU PARTIDO É O PARTIDO DO GOVERNO ELES É QUE MUDAM

  3. Hiroshi Bogéa

    3 de dezembro de 2007 - 15:14 - 15:14
    Reply

    Valeu, Mero.
    Abs

  4. Mero Espectador

    3 de dezembro de 2007 - 03:26 - 3:26
    Reply

    Cobertura jornalistica impecável essa sua Hiroshi da visita da gov a Marabá.
    Abs.
    Mero.

  5. Val-André Mutran

    2 de dezembro de 2007 - 11:25 - 11:25
    Reply

    Pessoalmente discordo dos dois comentários acima.

    A governadora Ana “sorriso” Júlia Carepa percebeu que sem os investimentos de resgate que o povo sulparaense urge, seu governo será uma triste lembrança.

    Parabenizo a governadora pela demonstração de vontade política em fazer, saindo, do tão somente e irritante: dizer.

  6. Anonymous

    1 de dezembro de 2007 - 20:39 - 20:39
    Reply

    Por pessoas como os tais serviçais que bajularam Ana Júlia durante o evento, é que Lula, Chavez, Evo e etc. chegam ao poder nas republiquetas de banana com muro baixo.

  7. Anonymous

    1 de dezembro de 2007 - 20:35 - 20:35
    Reply

    Os empresarios de Marabá masi uma vez demonstram que são marionetes, camaleões, mercenários que vestem a camisa mais conveniente para cada ocasião.

    Ora criticam Ana Júlia por sua posição contra a criação do Estado de Carajás; ora enaltecem a deusa-do-sorriso.

    A simples posição de Ana Júlia em relação ao Carajás é o bastante para não ser bem vinda à região.

    Mas onde está a personalidades do povículo marabaense ?

    Que estado será o Carajás com gente assim?

    Otton M Silva

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *