Hiroshi Bogéa On line

Amor à causa

Reagindo com indignação à provocação de um comentarista acerca de críticas que ela fazendo a atuação da Subsede-Marabá  do Sintepp, a educadora Goreth Valrio  da Costa bate firme:

 

Imagine o que aconteceria se todos os profissionais da educação e da saúde que não estão satisfeitos com seu salários procurassem ” outra coisa pra fazer ” ?

O presidente Lula precisou editar uma medida permitindo que os técnicos em magistério continuassem a atuar de 1ª a 4ª série porque não havia pedagogos suficientes para atender a demanda. Recentemente,  o governo do estado resolveu entrar numa contrapartida com os municípios porque estes não conseguiam pagar salários atrativos suficientes para os médicos -, o que resulta na ida das pessoas que precisam de tratamento para outros estados e até mesmo rumo à  capital.

Eu agradeço pelo conselho de procurar uma atividade melhor remunerada, só que serei um professor a menos na rede pública -, e daqui a algum tempo quero ver quem se disponibilizará à profissão de Educador.

Lembro,  certa vez, o ex-presidente FHC falando que só continuava professor quem não encontrava outras oportunidades . Acrescento:  ou quem não visa lucros,  porque a profissão é árdua e a remuneração não condiz com as condições de trabalho.

Mas, revoltante mesmo é ver que em outras situações, municípios aquinhoados com o mesmo recursos repassados a Marabá, e com demandas até maiores, se paga  salário dignos e se tem melhores condições de trabalhos.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *