Hiroshi Bogéa On line

Almoxarifado do mal

Em Tailândia, sétimo lugar entre os 100 municípios brasileiros mais violentos, é fácil encontrar uma lógica nas ruas. Ao olhar da maioria dos moradores, “os bandidos gostam de morar na cidade porque os governos do Pará só se preocupam em proteger o povo de Belém”.
Preconceito originário da ingenuidade de gentes acostumadas a pegar porrada geral sem encontrar proteção da exígua estrutura policial insuficiente para resguardar a segurança pública.

Post de 

2 Comentários

  1. Anonymous

    12 de junho de 2007 - 00:12 - 0:12
    Reply

    O que o governo faz é desestruturar ainda mais o que de pouco existe. Agora mesmo mandou de volta para Belém o helicóptero que estava em Marabá e que atendia o povo da regiao. Esse é o governo da Mudança. Muda todo dia o jeito de fazer as coisas. Não sabe governar.

  2. Anonymous

    12 de junho de 2007 - 00:01 - 0:01
    Reply

    Quase toda cidade do Sudeste é uma Tailândia. Em relação a esta, a violência não é assim tão menor quanto se fala. Por todos os cantos, o banditismo agiganta-se, sem que haja uma açao firme do governo.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *