Alma de artista

A Unimed Sul do Pará comprou, recentemente,  quadros que estavam abandonados em algum lugar do país, do maior artista marabaense de todos os tempos: Augusto Morbach. A iniciativa é do presidente da entidade, Jorge Bichara, médico ambientalista fervoroso defensor dos valores regionais.

Não apenas obras de Morbach. 

Manuscritos inéditos do poeta Aziz Mutran Filho também pertencem agora à Unimed Sul Pará.

As obras serão, agora,  recuperadas e, futuramente, disponibilizadas à Casa da Cultura de Marabá.

O  nanquim de Morbach é inigualável. Cada traço gerando emoção -, nuances de uma paleta variada colorindo a alma de quem sonha acordado.

Colocar os olhos num quadro de Morbach nos leva a retroceder no tempo, muitos séculos antes de Cristo, quando o nanquim foi inventado pelos chineses, usando tinta em pincéis de bambu.

E por um instante, obra e artista se tornam um só, para num coito sublime, afoito e imprevisível,  dar vida às sutilezas que impregnam o coração.

Jorge Bichara assumiu compromisso com o poster de permitir o registro fotográfico do valioso material, tão logo o acervo adquirido for devidamente restaurado.

E o blog os publicará.