Além do horizonte divisionista

Publicado em 26 de janeiro de 2012

 

 

Ausente de Marabá, o poster teve pouco tempo para dedicar-se à busca de informação sobre a publicação de um jornal  apócrifo  denunciando políticos que teriam trabalhado contra a criação do Estado de Carajás. Pelo telefone, à tarde desta quinta-feira, 26, em conttao com fonte marabaense, o blog  tomou conhecimento de que o tal jornal está sendo distribuído em diversos municípios, conforme registramos ontem.

Pela farta distrubuição, a publicação deve ter tido tiragem bem expressiva, considerando a circulação do mesmo, até agora, em dezenas de cidades do Sul e Sudeste.

Quem tem experiência em custos industriais de uma tiragem de jornal sabe o quanto é caro tal publicação.

Trocando em miúdos:  tem gente graúda na parada, financiando a publicação.

Sinal de que a campanha eleitoral para as prefeituras, na região, será um das mais duras dos últimos tempos, com  interesses em jogo bem além do marco que regulou o plebiscito sobre a divisão do Pará.