Ajustando o passo

No primeiro dia do Encontro Estadual do PT, o sentimento partidário é de que Ana Júlia conseguiu unir todas as tendências em torno de sua recandidatura, em 2010. Excluindo reclamações (e muitos pedidos) de prefeitos petistas assustados com a situação econômico-administrativa herdada,  o clima foi de entusiasmo, principalmente depois do discurso em que a governadora mostrou o volume de obras espalhadas pelo Estado, a serem inauguradas até junho do próximo ano.

Neste sábado, a lavagem de roupa ficará por conta dos problemas pontuais a separar as diversas correntes da legenda, em muitos municípios paraenses.